Nem só de praias o turismo baiano vive! Conheça 15 cidades do interior da Bahia que proporcionam experiências únicas

Quando você pensa na Bahia, logo vem à mente as praias belíssimas, não é? Mas saiba que dá para fazer um roteiro incrível apenas com as cidades do interior da Bahia! Por isso, vale a pena conferir a lista que fizemos com esses destinos.

Agora, se você realmente está planejando uma viagem 100% focada no litoral, nada melhor do que conhecer as praias da Bahia, que têm uma beleza sobrenatural!

Ainda assim, certamente, vale dar uma espiada nas cidades que vamos apresentar a seguir. Quem sabe algumas delas não merecem um bate e volta?

Feira de Santana

Com mais de 600 mil habitantes, essa é uma das maiores cidades do interior da Bahia e reúne eventos e pontos turísticos extremamente atrativos. O local levou fama pela “Micareta de Feira”, um Carnaval fora do período tradicional, e em razão do Natal repleto de comemorações, por exemplo.

A imponente Igreja Senhor dos Passos, o importante Museu Regional de Arte e o tradicional Mercado Municipal são alguns lugares para os quais o turista deve voltar sua atenção.

Itabuna

A importância dessa cidade se deve a dois fatos, principalmente: o primeiro é porque ela é o município onde o consagrado escritor Jorge Amado nasceu e o segundo explica o seu crescimento econômico: seu solo fértil para o cultivo do cacau.

Você, enquanto turista, pode aproveitar essa, que é uma das cidades turísticas do interior da Bahia, conhecendo os grupos de teatro, de capoeira, dança e bandas musicais que se apresentam em points da cidade, bem como visitando o Centro de Pesquisa do Cacau.

Neste último, a visita guiada permite aos turistas fazer uma imersão no processo de produção: do plantio até o chocolate. Mas não termina aí! Acredita que o espaço ainda possui um Centro de Proteção do Bicho-preguiça? Os mamíferos podem ser observados nas árvores. Bem interessante!

Vitória da Conquista

Que tal conhecer a “Suíça Baiana”? Curioso, não é? Bom, essa é uma das cidades do interior da Bahia que não poderia ficar de fora dessa lista, visto que há muitas curiosidades que a envolvem!

Primeiramente, diferentemente do que os turistas esperam encontrar em relação ao clima baiano (altas temperaturas), esse município, no inverno, chega a apresentar mínimas que giram em torno de 15ºC e 9ºC!

O Festival de Inverno, a estátua do Cristo Crucificado da Serra do Periperi, o Poço Escuro e o Museu Regional de Vitória da Conquista são algumas opções de passeios para curtir esse destino.

É uma mistura de lugares que pulsam cultura com espaços onde é possível se conectar com a natureza. Portanto, Vitória da Conquista é perfeita para recarregar as energias!

Juazeiro  

Os motivos para Juazeiro figurar nessa lista de cidades do interior da Bahia para visitar são  muito bons!

Entre as atrações turísticas desse destino, destacam-se a orla fluvial, repleta de bares e restaurantes onde o turista poderá apreciar a comida, enquanto admira a paisagem protagonizada pelo rio São Francisco; o navio “Vaporzinho”, monumento que representa a importância a navegação para a cidade; o Museu do São Francisco, cujo acervo conta a história de Juazeiro; entre outras.

Os ares interioranos prevalecem, proporcionando momentos relaxantes e de muita reflexão aos visitantes!

Chapada Diamantina

Chapada Diamantina

A inconfundível Chapada Diamantina é praticamente obrigatória para os fãs de ecoturismo. Isso porque a região é como um tesouro da natureza, reunindo gigantescas formações rochosas, quedas d’água dos mais variados tamanhos e com forças singulares, além da fauna e flora riquíssimas.

Então, já deu para percebeu que esse ecossistema também é propício para diversos esportes, como trilhas, rapel, tirolesa, flutuação e muito mais, não é? Prepare-se para uma aventura e tanto nesse destino, que é considerado um dos melhores pontos turísticos da Bahia!

Paulo Afonso

Não dá para falar dessa cidade do interior da Bahia sem mencionar uma alternativa turística simplesmente revigorante: um passeio de catamarã nas águas do rio São Francisco! A paisagem merece muito registros fantásticos, que contemplem seus cânions.

Outro ponto turístico que chama atenção é o Museu Casa de Maria Bonita, onde a rainha do cangaço Maria Bonita nasceu. Até hoje, sua estrutura (uma pequena casa de barro) está preservada e traz, por meio de fotos, a história e fatos icônicos do cangaço.

São Desidério

Você curte ecoturismo? Então, saiba que nessa cidade você terá acesso a muitas paisagens naturais únicas, visto que há mais de 100 grutas espalhadas por ela.

Também não esqueça de visitar o Parque Municipal da Lagoa Azul, local formado por paredões rochosos e onde se encontram a Lagoa Azul e a Gruta do Catão. Outro ponto turístico que é uma verdadeira atração da natureza é o Buraco do Inferno, conhecido por ser a gruta que possui nada menos do que o maior lago subterrâneo do país.

Vale do Jiquiriçá

Nessa cidade do interior da Bahia o que predomina entre os atrativos turísticos, são as paisagens que favorecem as trilhas e cavalgadas, além da contemplação de serras e cachoeiras, bem como as fazendas conservadas, incentivando o ecoturismo e o turismo rural.

E para quem é fã das festividades de São João, vale demais passar pela região no mês de junho e conferir de perto toda a beleza e tradição desse evento!

Raso da Catarina

Esse é o destino perfeito para quem gosta de fazer registros de alto impacto, pois essa cidade é um antro da vegetação nativa da caatinga, contemplando, inclusive, o seu clima – as temperaturas podem alcançar os 40ºC.

Mas saiba que cada gota de suor vale a pena para ficar diante dos paredões, cânions e ainda ter a oportunidade de avistar araras-azuis-de-lear. Sem dúvida, será uma viagem inesquecível!

Rio de Contas

Rio de Contas na Bahia

A viagem para Rio de Contas significa também viajar no tempo de certa forma. Isso porque o centro histórico dessa cidade reúne aproximadamente 600 prédios tombados. Ou seja, há muitas estruturas, cujas estruturas arquitetônicas são preservadas. É o caso da prefeitura e do Teatro São Carlos.

Porém, há mais atrativos que justificam a entrada do Rio de Contas na lista de cidades turísticas do interior da Bahia: você ainda pode ver de perto uma trilha de pedras do século 18, construída para o transporte de ouro.

Para completar, entre os seus encantos, está o Pico das Almas, de onde o visitante tem uma vista privilegiada da Chapada Diamantina – afinal, o ponto alto tem dois mil metros de altura.

Barreiras

O forte turístico de barreiras são as paisagens naturais, com destaque para os rios e, portanto, para as atividades aquáticas. Enquanto no Rio Grande o que predomina são a canoagem e o jet-ski, no Rio das Ondas e no Rio das Fêmeas, o rafting e o boia-cross são atrativos, respectivamente.

Ou seja, refresque-se e divirta-se nessa viagem!

Senhor do Bonfim

Uma cidade do interior da Bahia que apresenta as tradições de forma intensa e convida o visitante a prová-las. Primeiramente, vamos aos pratos e bebidas típicos que são servidos em muitos estabelecimentos, a exemplo do mugunzá, cuscuz e o licor de jenipapo.

Ainda há o folclore, presente em atividades, como a corrida de argolinha, as quadrilhas e o samba de lata, e o ecoturismo, por meio da Reserva do Grunga, que combina vegetação nativa da caatinga e flores – orquídeas e bromélias deixam o cenário mais colorido.

Lençóis

Lençóis no interior da Bahia

Que tal passar alguns dias em Lençóis – uma das portas de entrada para a Chapada Diamantina? Se a proximidade entre os dois destinos não convenceu você, quando apresentarmos as atrações da cidade, isso mudará!

Afinal, a gastronomia é a grande estrela da cidade. Seus restaurantes e bares estão localizados, majoritariamente, no centro histórico, mais precisamente entre as ruas das Pedras e da Baderna. Os estilos são variados, oferecendo desde hambúrgueres e música popular brasileira até menus contemporâneos baseados no movimento de Slow Food, que incentiva a criação de pratos especiais, acompanhados de jazz e blues.  

Morro do Chapéu – Piemonte

Assim como a Chapada Diamantina, esse destino tem como destaque as belezas naturais extravagantes: a Gruta dos Brejões, Buraco do Possidônio, bem como a Cachoeira do Ferro Doido são exemplos dessa característica.

Em cada espaço, o turista se surpreende com verdadeiros monumentos naturais que reúnem diversos elementos. Lindo de se viver!

Alagoinhas

Mais uma opção de destino com um clima interiorano genuíno, Alagoinhas traz como pontos turísticos monumentos inacabados e antigos, a exemplo da Igreja de Santo Antônio e da Estação de São Francisco. Nesses lugares, ficam evidentes a ação do tempo e as marcas do passado na região.

As paisagens rústicas podem render fotos interessantes!

Então, qual dessas 15 cidades do interior da Bahia você gostou mais? Tem outras sugestões? Fique à vontade para comentar!

Veja também no Tô de Passagem:

10 Cidades Incríveis Para Conhecer No Interior De São Paulo
Salvador: Guia Completo | O Que Fazer, Quando Ir E Mais
14 Passeios Incríveis Para Fazer No Interior Do Rio De Janeiro

Escrever um comentário