Saiba o que esse título significa e confira a lista com todos os patrimônios da humanidade no Brasil

Primeiramente, vamos começar com uma breve explicação do que é um patrimônio da humanidade para depois listar os patrimônios da humanidade no Brasil. Para levar esse título, o lugar ou monumento precisa, antes de tudo, ter uma relevância histórica, simbólica, ou uma beleza marcada pela natureza.

Essas características são analisadas pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), que pondera se aquele lugar é um bem com valor inestimável e representa tradições de um povo ou a generosidade da mãe natureza, atribuindo, assim, o título de patrimônio da humanidade.

Dito isso, partimos para a realidade brasileira: o país possui 22 bens tombados, sendo 14 culturais, 6 naturais e 1 misto. Então, vamos falar um pouco mais sobre cada patrimônio da humanidade no Brasil? Sem dúvidas, em algum momento, eles entrarão na sua lista de viagens!

Patrimônios Culturais da Humanidade no Brasil

A arquitetura, monumentos e conjuntos podem conferir a um lugar os critérios necessários para levar o título de patrimônio cultural da humanidade. Veja quais são eles em território nacional.

Centro Histórico de Ouro Preto – MG

Centro Histórico de Ouro Preto

Palco de fatos históricos icônicos, a exemplo da Inconfidência Mineira e da corrida pelo ouro no auge da mineração do país, Ouro Preto ainda é o lugar que reúne obras de consagrados artistas: esculturas de Aleijadinho e pinturas de Manuel da Costa Athaide.

Ou seja, a cidade apresenta uma arquitetura característica de séculos passados, bem como respira arte.

E se você curte navegar pelos fatos e culturas que marcaram e continuam marcando o país, por que não fazer um roteiro exclusivo para conhecer as cidades históricas do Brasil?

Conjunto Moderno da Pampulha – Belo Horizonte, MG

Sua criação se deu em 1940 por um conjunto de renomados artistas. Dá uma olhada no time de peso que ergueu essa obra de arte de grandes proporções: o arquiteto Oscar Niemeyer, o paisagista Roberto Burle Marx, em colaboração com outros artistas, a exemplo de ninguém menos do que o pintor Cândido Portinari.

A composição do conjunto consiste em quatro edifícios, espelho d’água do lago urbano artificial e orla com aplicação de técnicas de paisagismo. Sem dúvida, deve entrar da sua lista de o que fazer em Belo Horizonte!

Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos – MG

Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos

Esse patrimônio cultural da humanidade no Brasil combina importância religiosa com artística. Erguido na segunda metade do século 18, o santuário é composto por um espaço interno, cuja decoração foi inspirada no estilo rococó italiano, além de abrigar sete capelas, que representam a Via Crucis, e uma escadaria externa, onde estão localizadas estátuas dos 12 profetas da igreja católica.

As obras, feitas em pedra-sabão, foram concebidas pelas mãos de Aleijadinho.

Centro Histórico de Diamantina – MG

A construção dessa cidade ocorreu no século 18 e teve como base montanhas – o diferencial é que essas formações rochosas estavam cheias de diamantes. E, afinal, como era de se esperar, o lugar foi um ímã para garimpeiros.

A história não é o único motivo pelo qual o lugar é considerado patrimônio da humanidade no Brasil! A preservação da arquitetura também contribuiu para isso.  

Brasília – DF

Brasília

Localizada no coração do país, nossa capital nasceu de um planejamento urbano muito especial, elaborado pelo urbanista Lúcio Costa e o arquiteto Oscar Niemeyer.

As construções cheias de curvas oferecem um ar de modernidade e inovação ao espaço, sempre considerando o objetivo da dupla de profissionais: os elementos dos edifícios oficiais devem estar em harmonia com o design da cidade.

Centro Histórico da Cidade de Goiás – GO

Ao longo dos séculos 18 e 19, a Cidade de Goiás ou Velho Goiás, como era chamada, viu acontecer a ocupação e colonização do Brasil na região centro-oeste. Ademais, o município foi a primeira capital do estado goiano, sobretudo devido à grande quantidade de ouro ali presente.

Ainda hoje, o lugar preserva ruelas, casarões coloniais e igrejas barrocas, bem como o clima pacato da cidade. De acordo com a Unesco, “seu desenho urbano é característico das cidades mineiras que se desenvolveram organicamente, adaptadas ao seu entorno”.

Paisagens cariocas entre a montanha e o mar – RJ

Paisagens cariocas entre a montanha e o mar – RJ

A cidade maravilhosa, com os seus atributos únicos, não poderia ficar de fora da lista de patrimônios da UNESCO no Brasil. Estamos falando da natureza, representada por sua orla e vegetação, que embeleza a paisagem urbana de modo que a cidade se torna simplesmente uma obra de arte!

O Parque Nacional da Tijuca, o Jardim Botânico, o Corcovado (incluindo, claro, a estátua do Cristo Redentor), a praia de Copacabana, o aterro do Flamengo e as colinas que cercam a Baía de Guanabara são bastante representativos.

Cais do Valongo – Rio de Janeiro, RJ 

Esse porto foi uma das principais entradas para escravos africanos – quase um milhão – no Brasil, ou seja, o local guarda uma triste marca do nosso passado, mas que precisa ser lembrada. As ruínas do cais representam essa história.

Ruínas de São Miguel das Missões – RS

Ruínas de São Miguel das Missões

A paisagem e a história desse patrimônio da humanidade no Brasil impressionam! As ruínas de grandes proporções estão na companhia de uma paisagem bucólica repleta de verde e cores das flores e céu azul.

Quanto à história, os resquícios das construções contam sobre a catequização promovida pelos padres jesuítas – entre os séculos 17 e 18 –, mesmo em meio ao território pertencente aos índios Guaranis.

Centro Histórico de Olinda – PE

No período em que a produção de açúcar se destacava na economia brasileira, Olinda chamou a atenção do país. Sua construção ocorreu no século 16 e a cidade ainda preserva muitos de seus traços do passado, a exemplo das ruelas, conjunto de casas coloridas, igrejas e capelas.

Ou seja, o turista que escolher conhecer esse patrimônio da UNESCO no Brasil irá fazer também uma viagem no tempo por meio de sua arquitetura e clima de cidade do interior – exceto na época de Carnaval, quando ela atrai uma multidão de foliões.

Aproveitando o gancho de Olinda, mergulhe também na lista com as melhores praias do Brasil.

Centro Histórico de Salvador – BA

Centro Histórico de Salvador

Você sabia que Salvador foi a primeira capital brasileira? A cidade levou esse título entre 1549 e 1763, observando a mistura de diferentes culturas – europeias, africanas e ameríndias, por exemplo. 

Outra curiosidade histórica é que a cidade foi o primeiro mercado de escravos do chamado Novo Mundo. Eles trabalhavam nas plantações de açúcar.

Tal trajetória, de extrema importância para o Brasil, tem as casas de cores vivas, com trabalhos de estuque detalhistas, além dos traços da arquitetura portuguesa presentes no Pelourinho como marcas. Suas construções datam do século 16 e 19.

Parque Nacional Serra da Capivara – PI

Você se interessa pelos mistérios do período pré-histórico? Então, esse patrimônio da humanidade da UNESCO no Brasil, certamente, entrará na sua lista de destinos para visitar.

Isso porque é onde se encontra o maior número de sítios arqueológicos descobertos em território nacional. Em meio a formações de chapadas e vales, os sítios seguem marcados por pinturas e gravuras rupestres, bem como outros importantes vestígios do modo de vida de nossos antepassados.

Centro Histórico de São Luís – MA

Centro Histórico de São Luís

Esse lugar teve a influência de franceses durante sua fundação. Depois, passou a ser ocupado pelos holandeses e, então, foi dominada pelos portugueses. Não é à toa que seu conjunto arquitetônico é tão importante e possui traços singulares, a exemplo da coleção significativa de azulejos portugueses.

Outras características portuguesas são as ruas retangulares e a arquitetura colonial, que seguem preservadas e também contribuíram para que a cidade levasse o título de patrimônio da humanidade da UNESCO.

Praça de São Francisco – SE

O formato de quadrilátero e seu conjunto de monumentos e construções antigas – datadas do século 18 e 19 –, tal qual a Igreja e o Convento de São Francisco, a Igreja e a Santa Casa de Misericórdia, e o Palácio Provincial, conferem à praça uma grande relevância histórica.

Ademais, os traços arquitetônicos são característicos de Portugal e Espanha. Por isso, vale ver de perto toda essa beleza.

Patrimônios Naturais da Humanidade no Brasil

Tanto os fenômenos naturais, bem como a representatividade cultural de uma área são levados em consideração para ela ser considerada patrimônio mundial da humanidade. No Brasil, não é diferente! Confira a seguir quais são esses lugares.

Parque Nacional de Iguaçu – PR

Parque Nacional de Iguaçu

As 275 imponentes quedas d’água rodeadas por formações rochosas e enfeitadas pelo céu azul. Tal paisagem pode ser vista tanto do Brasil quanto da Argentina.

Aliás, saiba que o país é riquíssimo em fenômenos que têm as águas como protagonistas. Para ter uma noção, basta conhecer mais sobre as melhores cachoeiras do Brasil!

Reservas de Mata Atlântica do Sudeste – PR e SP

O Paraná e São Paulo reúnem 25 áreas protegidas – que somam 470 mil hectares –, cujas protagonistas são a fauna e a flora da Mata Atlântica.

Chapada dos Veadeiros e Parque Nacional das Emas – GO

Chapada dos Veadeiros

Considerado um dos ecossistemas tropicais mais antigos, esses dois lugares preservam as características originais do Cerrado.

Reservas de Mata Atlântica da Costa do Descobrimento – ES e BA

Parques nacionais, reservas biológicas e reservas especiais formam o conjunto de oito áreas protegidas, que revelam uma grande diversidade quando o assunto são as espécies ameaçadas de extinção.  

No total, são oito áreas de Mata Atlântica e restingas sob proteção.

Complexo de conservação da Amazônia Central – AM

Complexo de conservação da Amazônia Central

A confluência do Rio Negro e do Rio Solimões e as duas áreas protegidas dos arredores guardam boa parte do ecossistema da Amazônia, formando uma área com mais de seis milhões de hectares.

Área de Conservação do Pantanal – MS e MT

Quase 188 mil hectares – o equivalente a pouco mais de 1% – desse ecossistema caracterizado por áreas alagadas e que é tão exuberante estão protegidos. E devido às proporções, há algumas possibilidades para chegar ao Pantanal – pelo menos três cidades podem ser consideradas portas de entrada para esse patrimônio da humanidade no Brasil.

Fernando de Noronha e Atol das Rocas – PE e RN

Fernando de Noronha
Fernando de Noronha

A biodiversidade presente nessas ilhas brasileiras se deve à elevada quantidade de nutrientes de suas águas, fundamentais para a saúde da vida marinha – peixes, tartarugas, tubarões, entre outros animais.

Porém, há grandes diferenças entre os dois lugares: enquanto o Atol das Rocas é uma reserva biológica, Fernanda de Noronha é também um destino aclamado, chegando a receber até 100 mil turistas ao ano.

Patrimônio Misto da Humanidade no Brasil

Paraty e Ilha Grande – Cultura e Diversidade – RJ

Paraty
Paraty

Esses patrimônios da humanidade no Brasil foram pioneiros em conquistar o título misto, ou seja, natural e cultural!

Sua face natural está presente em quatro zonas protegidas de Mata Atlântica, sobretudo a Serra do Mar. Já a parte cultural fica por conta do centro histórico de Paraty, considerada o fim do Caminho do Ouro no século 17.

Agora que já sabe quais são todos os patrimônios da humanidade no Brasil, escolha quais serão os primeiros a visitar e vivencie momentos especiais, de intensa conexão com a cultura e natureza brasileiras!

Veja também no Tô de Passagem:

10 Passeios Incríveis Para Fazer No Interior De Pernambuco
O Que É Turismo De Aventura E Como Praticar No Brasil
Dicas Para Você Saber Tudo Sobre Seguro De Viagem

Escrever um comentário