Não tem um bom brasileiro que não seja cheio de paixões. E o clima tropical junto do povo convidativo estimulam isso ainda mais.

Entre música, festa, comida, tradição e futebol, a cerveja é, com certeza, uma das coisas que tomam corações por esse país afora. Mesmo que você seja apenas um apreciador, é garantido que conhece uma legião de fãs espalhados pela família, amigos e colegas.

Não à toa, o Brasil é o terceiro maior produtor da bebida no mundo, segundo pesquisa realizada em 2021 pela Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil).

Ainda que não tenha sido criação nossa, a gente assumiu com muito carinho e fez dela a queridinha do brasileiro. Por isso, este artigo é especial. Ele vai te levar por um passeio a lugares onde a paixão tomou outras proporções, e que hoje são famosos pontos turísticos pra quem quer conhecer marcas artesanais ou industriais, símbolos da cerveja nacional.

Depois de ler, é só escolher o destino, preparar a mochila e aproveitar pra unir o Brasil cervejeiro a uma outra paixão: viajar.

Neste artigo, você vai ver:

História da cerveja no Brasil

Dia da cerveja no Brasil

Melhores destinos para conhecer

Ribeirão Preto

Petropólis

Campos do Jordão

Belo Horizonte

Blumenau

Porto Alegre

Aproveite o melhor da cerveja ao redor do país!  

História da cerveja no Brasil

cerveja no brasil

Independentemente de como o processo de colonização do Brasil aconteceu, a chegada da cerveja no país faz parte dele e tem vários personagens. Entre os mais importantes está Maurício de Nassau, o holandês que governou o Recife durante parte do século XVII. O Brasil Holandês, como era chamado, dominava grande parte das capitanias brasileiras, mas estava concentrada principalmente em Pernambuco.

Quando Nassau chegou ao país, trouxe junto uma infinidade de soldados, mas também artistas e cientistas de áreas diversas. Entre eles estava a receita da cerveja e todo equipamento necessário para criação da primeira cervejaria brasileira. É preciso assumir que bem no comecinho, ela não era muito apreciada pela população local.

Algum tempo depois os holandeses foram embora e Portugal tomou controle do país. Ao saírem, levaram consigo sua preciosa cerveja, e por muitos anos não se ouviu falar dela por aqui.

Em 1808, já com Dom João VI (pai de Dom Pedro I) no comando do Brasil, os portos foram abertos para comércio com aliados, entre eles a Inglaterra. Como os ingleses já viviam a 1ª Revolução Industrial, a cerveja voltou ao país em grande quantidade. Logo, a cachaça da cana de açúcar e o vinho tiveram concorrência, e vale dizer que o príncipe regente, além de muita comida, gostava também de uma boa cerveja.

É claro que essa história tem muitos outros detalhes e fatos importantes, mas você já deve ter entendido um pouco sobre como uma das bebidas mais consumidas no mundo deu as caras em terras tupiniquins.

As primeiras cervejas começaram a ser produzidas há milhares de anos, no Egito Antigo. Então, quando dizemos que existem muitos outros detalhes nisso tudo, é porque são muitos mesmo! 

Dia da cerveja no Brasil

Como tudo que faz sucesso, a cerveja ganhou um dia só dela no mundo: a primeira sexta-feira de agosto. O dia internacional foi criado por um grupo de amigos californianos em 2007, e adotado pelos demais apaixonados.

Aqui no Brasil, por iniciativa também de pessoas envolvidas no setor, comemoramos a cerveja nacional no dia 5 de junho. Afinal de contas, depois de tantos séculos por aqui e estilos regionais tão fortes, ela merecia.  

Os melhores destinos para amantes de cerveja conhecerem  

Alguns dos principais incentivadores da cultura cervejeira no país, são justamente os produtores das cidades que você vai ver agora, e que durante todo ano apresentam novos sabores, festivais, promoções e uma variedade enorme de produtos.  

Então, vamos a alguns destinos para quem ama cerveja!  

Ribeirão Preto (SP)

Há mais ou menos 150 anos, imigrantes europeus chegaram ao interior do estado de São Paulo. No caso da bela Ribeirão Preto, essa chegada veio junto com a produção artesanal de cerveja em pequena escala.

Uma mistura de clima, talento e qualidade de ingredientes, fez a cidade ser conhecida como capital do chope, e indicada como uma das dez principais cidades para degustar a bebida no mundo. Uma dessas facilidades é o Aquífero Guarany, que serve águas límpidas ao município e facilita a produção.

Atualmente a cidade é lar de algumas cervejarias conhecidas mundialmente, como Colorado, Invicta, Lund e Walfänger, além de vários bares especializados.

Os passeios podem muito bem ser agendados por você mesmo, através dos perfis das cervejarias nas redes sociais. Ou, a cidade ainda oferece tours especializados, que também podem ser uma boa experiência.

Além de degustações, almoço, jantares com harmonização de cervejas, aulas e visitas às fábricas, Ribeirão Preto tem a estrutura hoteleira pronta pra te receber.

Se é por aqui mesmo que você gostaria de começar seu roteiro cervejeiro, que tal uma olhada em opções de passagens em promoção para Ribeirão Preto?

O terminal rodoviário da cidade fica na região central de Ribeirão, na Av. Jerônimo Gonçalves, 640

Campos do Jordão (SP)

Campos do Jordão - Destino para quem ama cerveja

Aqui está a prova de que cerveja não se aprecia apenas em climas mais quentes. Campos do Jordão e seus dias frios trazem algumas cervejarias e sabores capazes de esquentar o passeio de qualquer turista, e que também são conhecidas fora do país. 

Entre as mais famosas e apreciadas por turistas estão a Baden Baden, Campos do

Jordão, Caras de Malte, Araukarien e Gard. A cidade também tem o tour cervejeiro oficializado no turismo local, e as fábricas estão preparadas para entreter e informar os visitantes.

A maioria está aberta a passeios guiados que podem ser cobrados à parte ou não, assim como almoços temáticos e experimentação de estilos que vão desde o alemão Munich Helles até criações nacionais, como cervejas com caramelo e chocolate.

Essa aconchegante cidade na Serra da Mantiqueira fica a pouco mais de 180 km da capital paulista. Se deu vontade de conhecer, dá uma olhada nessas passagens de ônibus para Campos dos Jordão.

O Terminal Rodoviário do município fica na Rua Benedito Lourenço, 285, no centro. 

Petropólis (RJ)

Petrópolis foi o retiro de descanso da família imperial portuguesa durante muito tempo. E se no começo deste artigo falamos que um dos responsáveis pela chegada da cerveja no Brasil foi Dom João VI, é claro que essa deliciosa cidade nas montanhas não ficaria de fora do nosso passeio pela história da cerveja.

A Cervejaria Bohemia é a primeira fábrica brasileira a produzir a bebida, em 1853. Pra mostrar toda essa história, a marca criou o tour cervejeiro por dentro do prédio, que também conta com um museu, lojinha de presentes e um restaurante rooftop imperdível.

O valor do tour varia entre R$12 e R$ 36, e os detalhes de agendamento você confere no site oficial da cervejaria.

Além da Bohemia, outras marcas locais fazem a felicidade dos cervejeiros de plantão: Grupo Petrópolis, Brewpoint, Colonus, Odin, Alter, Doutor Duranz, Cervejaria da Corte, Conto de Fadas e Duas Torres. Todas elas abrem para visitação ou, pelo menos, para que você possa degustar e conhecer um pouco mais dos sabores.

Petrópolis ainda é sede da 2ª maior festa em homenagem à cultura alemã de cerveja do Brasil, a Bauernfest.

A cidade fica a apenas 69 km do Rio de Janeiro, e a viagem de ônibus para chegar até lá é muito tranquila. Por isso, pra te ajudar no planejamento, confira as passagens em promoção para Petrópolis.

A rodoviária está localizada na Rod. Washington Luíz, Km 82,9. 

Belo Horizonte (MG)

Belo Horizonte, Destino para quem ama cerveja

A capital mineira vem ganhando muito espaço no cenário cervejeiro nacional. Há quem diga que já é considerada a Bélgica Brasileira, principalmente pela criatividade das produtoras locais.

A Cervejaria Wälls é, provavelmente, a mais conhecida do Brasil. A marca aposta em combinações bem descoladas, e já coleciona alguns prêmios em rótulos especiais. O Atelier Wälls é um bar super charmoso criado pela cervejaria, especialista na criação de novas receitas.

Mas se você quer ainda mais sabor no seu passeio por Belo Horizonte, pode conferir também outros talentos como as Cervejarias Carapreta, Sátira, Küd e Koala. Esta última, inclusive, é considerada uma das melhores da cidade, e mistura skate e artes marciais na sua identidade. Combinação estranha? Dá um pulo lá e depois conta pra gente se funcionou.

Chegar em Belo Horizonte não tem erro, e ir de ônibus é mais fácil ainda, além de mais econômico. Dá um olhada nessas passagens para ir até Belo Horizonte

A rodoviária fica localizada no centro de BH, na Praça Rio Branco, 100.

Blumenau (SC)

Blumenau - Destino para quem ama cerveja

Vamos chegando mais para o sul?

Não tem quem não goste de cerveja e não tenha ouvido falar de Blumenau. Estamos falando da cidade-sede da maior Oktoberfest fora da Alemanha, mas também de uma das mais importantes produtoras de cerveja do sul do país.

A tradicional festa da cerveja acontece sempre em Outubro e dura quase o mês inteiro. Pessoas do Brasil todo se preparam durante o ano para passar alguns dias na cidade e aproveitar as centenas de atrações que vão desde competições cervejeiras, até shows de música e danças típicas. 

Quando for até lá, planeje seu passeio com antecedência, porque a cidade costuma ficar bem movimentada. Mesmo assim, visitar Blumenau durante a Oktober é garantia de diversão.

O município é tão importante que tem sua própria rota da cerveja, e te leva para passeios históricos, visitas e degustações, mas não apenas por Blumenau. No rolê você passa também por algumas cidades vizinhas, do chamado Vale Europeu.

Entre as cervejas incríveis que se produz por lá, podemos destacar marcas como Eisenbahn, Segredos do Malte, Container, Bierland, Wunder Bier e Alles Blau.

Se você quer mesmo fazer a rota completa, não vai se arrepender, mas é bom separar o dia todo para isso. Ela dura uma média de 7 horas e custa por volta de R$65, o que dá direito a visita ao Museu da Cerveja e mais algumas cervejarias. Basta procurar pelas empresas locais que fazem o passeio.

É claro que você pode fazer tudo por conta própria, o que talvez deixe tudo mais gostoso. Quer uma dica? Não deixe de conhecer a Vila Germânica!

A “Capital da Cerveja” é uma cidadezinha encantadora e completamente preparada para receber turistas, além de ser muito fácil de chegar. Ela fica na região conhecida como Vale do Itajaí, a apenas 152 km da capital Florianópolis.

Para planejar o roteiro, confira essas passagens para Blumenau

O endereço do terminal rodoviário da cidade é R. Dois de Setembro, 1222. 

Porto Alegre (RS)

Além de ser uma capital bastante agitada e conhecida pela vida noturna, Porto Alegre é, sim, um efervescente cenário pros turistas cervejeiros profissionais. São mais de 30 fábricas artesanais, e várias opções de tours pelas instalações, degustações e lojas onde levar uma lembrancinha pra quem ficou em casa.

Entre as principais estão a Cervejaria Staunen Bier, Hatha, Porto Alegrense, Irmãos Ferraro, 4Beer e Seasons. Quando chegar lá, escolha algumas e divirta-se! Ou conheça todas elas, por que não?

Ficou com água na boca? Se esse é o seu lugar, ou pelo menos um deles, confira algumas opções de passagens de ônibus baratas para Porto Alegre.

Você encontra a rodoviária da cidade no Largo Vespasiano Júlio Veppo, 70, Centro Histórico.

Aproveite o melhor da cerveja ao redor do país!

cerveja no brasil

Tem algumas coisas capazes de juntar as pessoas ao redor da mesa, e a cerveja é certamente uma delas. Se a gente pensar que o brasileiro ama muito um bom papo e algumas risadas, não é de espantar que teríamos tantos lugares imperdíveis para conhecer mais sobre a bebida.

Se você é um desses cervejeiros de coração, que gosta de acumular horas/copo, como se diz por aí, já pode preparar sua próxima viagem. Como sempre dizemos aqui no Tô de Passagem, viajar não precisa ser caro. Então, com um bom planejamento você é capaz de ir para mais de um destino na mesma trip. Nada ruim, não?

Esperamos que esse artigo tenha te dado sede de novos passeios pelo Brasil. Quando voltar, ou caso já conheça algumas dessas cidades, conta pra gente um pouco da experiência aqui nos comentários.

Junte sua caneca, boa viagem e cheers!   

Escrever um comentário