Categoria

Ribeirão Preto

Todas as informações que precisa para sua viagem a Ribeirão Preto você encontrará nesse guia: desde condições climáticas até os principais pontos turísticos e indicações de cervejarias!

Fazer uma viagem para o interior pode ser uma boa pedida para quem busca tranquilidade e um pouco mais de ar puro! É por isso que decidimos fazer um guia de viagem para Ribeirão Preto. Fique atento às dicas especiais sobre pontos turísticos e condições climáticas que vamos dar para você aproveitar ao máximo esse destino!

Onde fica Ribeirão Preto?

Primeiramente, você precisa saber mais sobre a localização de Ribeirão Preto, uma cidade do estado de São Paulo. Ela é vizinha dos municípios de Dumont, Jardinópolis e Cravinhos.

O ponto de referência, como não poderia ser diferente, é a capital paulista. Entre as cidades há uma distância de pouco mais de 300 quilômetros, o que equivale a quase quatro horas de viagem – isso se o percurso for feito de carro ou ônibus.

O que fazer em Ribeirão Preto

De antemão, que tal ficar por dentro de algumas curiosidades sobre esse destino? Além de oferecer atrativos para os viajantes que estão à procura de descanso, a cidade exemplifica muito bem como funciona o turismo de negócios.

Isso acontece porque o solo da região é fértil, apresentando condições favoráveis ao desenvolvimento da agroindústria. O destaque vai para o setor sucroalcooleiro, responsável pela produção de açúcar, álcool e outros derivados da cana de açúcar.

No entanto, mesmo os viajantes que vão a Ribeirão Preto para negócios, certamente, usufruem de seus pontos turísticos e outras opções para se divertir e relaxar, que vão desde parques e praças até restaurantes a bares. Mais adiante, conhecerá algumas alternativas!   

Quando ir para Ribeirão Preto

Mas antes de anotar tudo o que há para fazer em Ribeirão Preto, conheça mais sobre algumas características que fazem a diferença para decidir quando ir a Ribeirão Preto, bem como para realizar atividades ao ar livre, por exemplo.

A alta temporada fica mais evidente em alguns períodos, como o carnaval e as férias escolares de julho. Então, tanto os moradores quanto os turistas podem esperar um movimento maior em hotéis, pousadas e restaurantes.

Enquanto para os que procuram mais tranquilidade pode ser interessante evitar essas épocas, para os que gostam de agito, é uma recomendação buscar outros eventos que trazem mais pessoas à cidade.

E olha que o que não falta nesse destino são eventos de referência! Alguns deles são o Agrishow, uma feira com foco nas novidades do agronegócio, e o Ribeirão Rode Music, bem como o João Rock, ambos de música, porém, o primeiro tem como protagonista o ritmo sertanejo e o segundo, o rock.

Além disso, há ainda a Feira do Livro de Ribeirão Preto, um evento completo que promove shows, oficinas e debates, e o Slow Brew Ribeirão Preto, cuja proposta é criar uma atmosfera despojada onde o turista poderá apreciar uma experiência regada a muita cerveja artesanal, gastronomia e música!

Assim como em todos os outros destinos, em Ribeirão Preto as chuvas costumam afastar os turistas. E se para você esse fator também é motivo para evitar determinados períodos, no caso de estar planejando uma viagem para essa cidade, fique de olho nos meses de outubro (meados), novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março e abril (início).

Afinal, segundo o portal Weather Spark, a probabilidade de precipitação em um dia desses meses fica acima de 39% e a máxima é de 71% no dia 13 de janeiro.

Mas veja que bacana! No mesmo site, você tem acesso a uma análise que resultou no Índice de Turismo. Ele indica os melhores dias para conhecer Ribeirão Preto – isso significa caminhar pela cidade e curtir todas as suas paisagens, externas e internas –, que estão dentro do período do fim de abril ao início de setembro. Estes meses são marcados por um céu pouco encoberto e temperaturas que giram em torno de 18ºC a 27ºC. 

Agora, se você ama viajar para um destino em épocas de altas temperaturas, fique atento ao Índice de praia/piscina do Weather Spark! Ele recomenda os meses de março (final), abril e maio (meados) e de agosto (começo) a outubro (fim). As médias da temperatura em Ribeirão Preto sobem para 24ºC, podendo chegar a 32ºC, com poucas chances de chuva nesses períodos! 

Depois de todas essas informações, sem dúvida, você conseguirá tomar a melhor decisão no que diz respeito a quando ir a Ribeirão Preto!

Temperatura e clima de Ribeirão Preto

Temperatura e clima de Ribeirão Preto

As condições climáticas apresentadas até agora são provenientes do clima em Ribeirão Preto, o Tropical Úmido.

No verão, a temperatura máxima média mensal pode chegar a 30ºC e o índice pluviométrico é maior do que 200 mm de chuva por mês, bem como a umidade relativa do ar fica em torno de 80%.

No inverno, porém, prevalecem as temperaturas baixas – a mínima com média mensal chega aos 13ºC. Com relação à precipitação média, ela varia de 20 a 30 mm e a umidade relativa do ar diminui para cerca de 60%.

Ou seja, enquanto a estação com chuvas é quente, abafada e de céu quase encoberto, na estação seca as temperaturas são mais amenas, compondo um clima morno, e o céu é límpido. Durante o ano, a temperatura em Ribeirão Preto varia de 13°C a 32°C e quase nunca fica abaixo de 9°C ou supera os 37 °C.

Pontos Turísticos de Ribeirão Preto

A partir de agora, você ficará com os principais pontos turísticos de Ribeirão Preto.

Nossa lista contempla lugares que pulsam cultura e história, bem como parques, praças, restaurantes a bares. Ou seja, está bem completa e, sem dúvida, irá ajudar você a escolher os melhores programas, independente do clima ou horário de Ribeirão Preto.

Lugares históricos e culturais em Ribeirão Preto

  • Theatro Pedro II:

Considerado Patrimônio Histórico do município, o prédio foi inaugurado em 1930, durante o ciclo do café, e a arquitetura imponente chama a atenção na Rua Álvares Cabral. Em razão de um incêndio, a casa de espetáculo ficou fechada por 16 anos, recebendo o público novamente apenas em 1996.

Atualmente, comporta sala de balé, um teatro para um público de 200 pessoas, além de uma sala de espelhos com três lustres de cristal em estilo art déco e a cúpula, projeto assinado por ninguém menos do que a artista Tomie Ohtake.

  • Museu do Café Francisco Schmidt:

O acervo apresenta registros em fotos, jornais e revistas, bem como os objetos utilizados na época, sendo considerado um lugar icônico no que se refere
à história da produção de café no estado de São Paulo.

O museu fica no prédio onde funcionava a antiga sede da Fazenda Monte Alegre,
localizado no Campus da Universidade de São Paulo (USP). 

  • Santuário das Sete Capelas:

A formação do Santuário conta com sete capelas que formam um semicírculo. Cada uma delas faz alusão a um santo: Nossa Senhora das Graças, São Lucas Tadeu, Nossa Senhora Aparecida, Santa Terezinha, São Jorge, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e a Capela da Penitência.

O complexo religioso ainda convida o visitante para um passeio sossegado às margens de um lago com águas límpidas.

  • Catedral Metropolitana:

Localizada na Rua Florêncio de Abreu (centro da cidade), é a principal igreja católica de Ribeirão Preto. Seu santo padroeiro é São Sebastião, pois no período colonial os fazendeiros doaram terras em adoração ao mesmo. 

Museu Casa de Portinari: primeiramente, o Museu Casa de Portinari não fica exatamente em Ribeirão Preto, mas em Brodowsk, uma cidade vizinha. 

Depois, o Museu é a casa onde o artista plástico viveu com sua família e realizou diversas experiências com pinturas murais, até mesmo nas próprias paredes da residência. Foi assim que ele se aperfeiçoou na técnica.

Em razão de sua importância, a instalação foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo em 1970, mesmo ano que o museu foi inaugurado. O lugar também representa os laços do artista com sua terra natal – inclusive, o clima do interior é bastante presente.

Programas para se conectar com a natureza em Ribeirão Preto

Programas para se conectar com a natureza em Ribeirão Preto

  • Jardim Japonês:

Os elementos naturais do espaço remetem à cultura oriental e conectam os visitantes à natureza de modo que o passeio se torna praticamente obrigatório para quem busca momentos relaxantes.

Aproveite para contemplar seus lagos, pontes e muito verde.

  • Bosque Municipal Fábio Barreto:

Alguns dos grandes atrativos desse bosque são o aquário que reúne mais de 50 espécies da fauna brasileira, assim como o mirante, que proporciona uma visão privilegiada da cidade – a 45 metros de altura. Portanto, leve o ceular carregado para fazer muitos registros!   

  • Parque Doutor Luis Carlos Raya:

Pequenas cachoeiras artificiais deixam o ambiente ainda mais encantador e convidativo, principalmente para quem gosta de fazer um piquenique ou se exercitar ao ar livre.

  • Parque Prefeito Luiz Roberto Jábali:

Primeiramente, o parque possui mais de 150 mil metros quadrados de área verde. Lagos, lagoas e cachoeiras junto com a vegetação nativa formam o habitat natural de diversos animais, como peixes, patos e pássaros. Um belo complexo natural, hein?

Restaurantes e Bares de Ribeirão Preto

  • Vila Dionísio:

Pense em um cardápio com muitas, mas muitas opções de cerveja! Para ser mais preciso, esse estabelecimento oferece mais de 200 tipos da bebida. E a variedade também se estende para as apresentações musicais, que contemplam diversos gêneros.

  • Choperia Pinguim:

Há mais de 80 anos a Choperia Pinguim oferece cerveja gelada aos clientes. Ou seja, esse point deve estar no seu roteiro. Faça essa parada e aprecie um chopp claro trincando com espuma, um escuro, o chopp sensual (um delicioso creme de chopp escuro) e muitos outros!

Peça um farto filé a fazendeiro ou o carpaccio fresco para deixar essa experiência ainda mais deliciosa!

  • Colorado Cervejarium:

Mais uma cervejaria para entrar na sua lista com o que fazer em Ribeirão Preto, a Colorado oferece uma vastidão de opções da bebida, bem como petiscos e lanches. Bom demais!

  • Cantina La Cucina Di Tullio Santini:

Comida italiana que desperta os sentidos para uma vivência gastronômica inesquecível! Aposte nos diversos sabores de risoto, pastas e muito mais, sempre com uma bela taça de vinho.

  • Mercado Municipal de Ribeirão Preto:

Aquele passeio no mercadão sempre vale a pena! Afinal, esse point de Ribeirão Preto é composto por mais de 150 boxes que comercializam variedade de verduras, frutas, castanhas, carnes e peixes, contemplando também lanchonetes e cafeterias.

  • Novo Mercadão da Cidade:

Boas opções de bares e restaurantes em um mesmo lugar. Que tal? Exemplos disso são o Alameda 79, famoso pelos pastéis, e Liban Gourmet, que vende especialidades árabes. 

Como chegar em Ribeirão Preto

Como chegar em Ribeirão Preto

Uma viagem de ônibus de São Paulo até a rodoviária de Ribeirão Preto é altamente recomendada para quem deseja ter maior comodidade e menos preocupações.

Até porque o Terminal Rodoviário de Ribeirão Preto, cuja inauguração foi em 1976, nasceu com o objetivo de ser o maior e mais moderno terminal rodoviário do interior do país. Para completar, ele está localizado na Avenida Jerônimo Gonçalves, no Centro da Cidade, facilitando o acesso do turista a outras regiões.

E como a Rodoviária de Ribeirão Preto recebe ônibus de rotas estaduais e interestaduais de São Paulo, o viajante tem a opção de partir para outro destino após conhecer essa cidade paulista encantadora.

Partiu Ribeirão Preto? E se tiver mais alguma dica para agregar a esse guia de viagem, por favor, fique à vontade para compartilhar! Vamos adorar incluir aqui.

Veja também no Tô de Passagem:

Pontos Turísticos SP: 13 Melhores Atrações Para Conhecer!
Com Quantos Anos Pode Viajar Sozinho? Veja A Idade Ideal!
Como Fazer O Cálculo De Viagem E Viajar Tranquilo, Sem Imprevistos!
Campinas: Guia De Viagem Para Curtir Tudo Na Cidade