Quais são as suas principais preocupações ao planejar uma viagem?

Durante aquelas famosas pesquisas de roteiro, você com certeza presta bastante atenção no orçamento, na disponibilidade das atrações turísticas do destino escolhido e, é claro, nas questões de segurança. 

Esses fatores são considerados os pontos principais do planejamento pela maioria de nós, mas eles não têm o mesmo peso para todo mundo. Viajantes que fazem parte de grupos sociais minoritários, como a comunidade LGBT+, precisam tomar um cuidado redobrado com a segurança. 

Afinal, apesar de as últimas décadas terem trazido vitórias importantíssimas na luta contra a discriminação, as pessoas LGBT+ ainda são constantemente alvos de preconceito e das várias situações lamentáveis que vêm dele, que podem ir desde microagressões sutis até violência explícita, física ou  verbal. Nesses casos, o planejamento de uma viagem (que deveria ser parte da emoção animadora de viajar), ganha uma camada extra de seriedade com um questionamento importante: “será que esse lugar está pronto para me receber?”.

A gente acredita que esse assunto é importante o ano inteiro. Mas para celebrar o 28 de junho, Dia do Orgulho LGBT+, preparamos um conteúdo especial com uma lista dos melhores destinos brasileiros que acolhem a diversidade de braços abertos. 

Afinal, é justamente por ser diverso em vários sentidos que o Brasil é um país tão encantador de se desbravar, não é?

Então, espero que esse artigo seja importante e útil pra você. Continua comigo que eu vou te mostrar: 

História do dia do orgulho LGBT

Melhores destinos LGBT+ no Brasil

São Paulo
Maior parada LGBT do Mundo

Museu da Diversidade Sexual

Bares da Augusta

Bahia

Praia do Porto da Barra

Vila San (antiga San Boate)

Carmén Lounge Bar

Minas Gerais

Rua Sapucaí

Gis Club

Região Savassi

Rio de Janeiro

Quiosque rainbow

Praias da Zona Sul

O Vale Hostel Bar

Santa Catarina

Praia Mole

Praia do Rosa

Bar do Deca

Dicas para encontrar outros destinos lgbt+ friendly

Viva o amor de todas as formas e em todos os cantos do Brasil! 

História do Dia do Orgulho LGBT+

Aliás, por que 28 de junho? Antes da nossa seleção de destinos, é super importante que você conheça as origens do Dia do Orgulho e conheça a importância dessa data.

Embora a luta pela igualdade seja secular, a história do Dia do Orgulho LGBT+ nos transporta a uma série de acontecimentos marcantes que se desenrolaram no final dos anos 1960. Na época, a violência contra gays, lésbicas, bissexuais, transsexuais e outros grupos minoritários era ainda mais escancarada. Essas pessoas enfrentavam diariamente as perseguições, ordens de prisão injustificadas e abordagens truculentas da polícia. 

O bar nova-iorquino Stonewall Inn sofria episódios frequentes de invasões policiais agressivas, já que era muito frequentado por pessoas LGBT+. O dia 28 de junho de 1969, marcou o início do contra-ataque: naquela noite, as pessoas que estavam no Stonewall Inn reagiram e resistiram às abordagens, barrando a invasão.

Isso deu início a uma rebelião que clamava pelo direito de amar e se expressar sem opressões. Foi uma espécie de inauguração oficial do movimento LGBT+, e o impulso transformador logo se espalhou pelo restante do mundo. Aí o dia 28 de junho ficou marcado como uma data em memória e homenagem a essa luta que continua necessária até os dias de hoje.

No Brasil, as frentes de que atuavam em nome da diversidade começaram a ficar mais ativas a partir do início da década de 1970. 

Ao longo dos anos, alguns lugares (desde estabelecimentos específicos até bairros inteiros) se tornaram pontos icônicos para a comunidade LGBT+. Para quem quer aprender mais sobre essa trajetória de resistência que acabei de contar e faz questão de estar em ambientes inclusivos, os destinos e atrações da lista abaixo são perfeitos. 

Melhores destinos LGBT+ no Brasil

Diversidade e liberdade. 

Esses são os ideais que guiam o turismo LGBT+, termo que abarca roteiros, passeios, atrações turísticas, regiões e estabelecimentos focados em acolher gente das mais diversas orientações sexuais e identidades de gênero. 

Estou falando também de locais que apoiam a luta da comunidade LGBT+ ou participam ativamente dela, sempre com a preocupação de proporcionar espaços seguros a quem visita.

Afinal, é muito bom estar em lugares onde todo mundo pode ser quem é, sem precisar se esconder, concorda?

Então se liga nessas recomendações! 

São Paulo  

Um dos principais centros urbanos do país não poderia deixar de ser uma efervescência constante de pessoas diferentes, assim como de iniciativas diferentes para atender a todos.

Então, confira aqui os pontos pontos que eu selecionei na capital do estado: 

Maior parada LGBT+ do mundo (Capital)

Parada LGBT, SP.

Curtição, união e aprendizado te esperam na cena do turismo LGBT+ de São Paulo.

Dá para dizer que “Sampa” é pioneira em ações de defesa da igualdade. No mês de junho, a diversidade é celebrada em grande escala na cidade. De volta ao formato presencial (após dois anos de funcionamento online), a Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo é simplesmente a maior do mundo. Em 2022, o evento contou com mais de três milhões de pessoas reunidas para celebrar a diversidade! Dessa vez, inclusive, a presença de turistas aumentou muito desde a última edição.

Já quer participar também? Lembre-se de ficar de olho no site oficial e nas redes sociais do evento, que trazem todo ano as informações mais importantes sobre a data e as atrações. 

Museu da Diversidade Sexual (Capital) 

Na famosa Estação República, você vai encontrar mais um ponto importante para o seu roteiro: o Museu da Diversidade Sexual do Estado de São Paulo, ou MDS, nasceu em 2012 e se dedica a valorizar e divulgar a produção cultural da comunidade LGBT+.

O museu foi o primeiro da América Latina criado com esse objetivo. As obras de arte hospedadas lá também fazem parte de exposições itinerantes, que circulam por outras cidades do estado. Ah, o local conta com uma ótima infraestrutura de acessibilidade e as entradas são gratuitas. 

Mais informações, incluindo a programação dos próximos meses, você encontra no site do MDS. 

Bares da Augusta (Capital)

Bares LGBT+, Rua Augusta, SP

 

Depois do seu passeio pelo Museu da Diversidade Sexual, que com certeza vai te fazer se emocionar e refletir bastante, vale a pena dar uma descontraída nos bares e pubs da icônica Rua Augusta, uma lenda da capital, que abraça qualquer pessoa disposta a interagir e se divertir.

A vida noturna efervescente da região é cheia de opções para públicos diferentes, incluindo um número enorme de bares LGBT+. Dois dos mais famosos são o Eagle e o Presidenta. 

Pode separar suas melhores roupas de rolê, viu? Garanto que a noite vai ser animada!

E já que aqui na capital paulista eu te mostrei 3 ótimos destinos, eu não ia deixar você sem se planejar com a ida até a cidade, né? Confira opções de passagens de ônibus em promoção para São Paulo.

Bahia  

Quer lugar pra abraçar e encantar todo mundo? Acho que a Bahia é uma forte candidata. Assim como eu acredito que o segredo de tanta riqueza cultural é justamente se orgulhar da luta, da história e, claro, não dizer não pra ninguém.


Pra gente continuar bem a nossa lista, separei três destinos maravilhosos da capital, Salvador: a Terra de Todos os Santos, mas também de todos os públicos.

Praia do Porto da Barra (Salvador)

Passeio LGBT+, Praia do Porto da Barra, BA

 

A diversidade cultural mundialmente conhecida de Salvador é acompanhada por um senso de acolhimento a todas as identidades de gênero e orientações sexuais. Felizmente, o axé abraça todo mundo. Além disso, a capital baiana tem algumas das praias mais bonitas do Brasil, como é o caso da Praia do Porto da Barra, especialmente querida pelo público LGBT+.

Lá, a orla de atmosfera descontraída conta com uma infinidade de bares e restaurantes. As águas são tranquilas, perfeitas para banhos relaxantes, e a areia é ótima para se deitar e assistir ao lindo pôr-do-sol. 

Vila San, antiga San Boate (Salvador) 

Em Salvador, a área mais frequentada pela comunidade LGBT+ é o bairro de Rio Vermelho, onde as opções de entretenimento são quase infinitas. Entre a variedade de boates, shows e bares, a Vila San se destaca por sua sofisticação e pela proposta inovadora.

O espaço funciona onde antes era a San Boate, uma casa noturna LGBT+ bem aclamada. Na Vila San, você terá acesso ao que há de melhor em gastronomia, música e moda, além de se encantar com a linda decoração clean do local. 

Carmén Lounge Bar (Salvador)  


O bairro do Centro guarda um tesouro do turismo LGBT+ de Salvador: o Carmén Lounge Bar. Totalmente voltado para a cultura queer, o pequeno estabelecimento se destaca pelas apresentações de artistas drag que animam o espaço com suas performances. Além disso, o lugar promove eventos próprios como desfiles e festas, todos muito democráticos e acessíveis. As atualizações e a programação são postadas no perfil do bar no Instagram.

Então pode pegar uma mesinha e ir examinando o menu (afinal, a casa também serve ótimos aperitivos e bebidas). O show já já vai começar, hein?

Já se encantou? É claro que se estiver por lá, sempre vale aqueles outros passeios inesquecíveis e cheios de reflexão, como o Centro Histórico de Salvador e o Pelô.

Antes de sair correndo pra arrumar malas e mochilas, primeiro veja essas passagens em promoção para para Salvador.

Minas Gerais  

Aqui está mais um estado que de tão rico em história, seria preciso algumas viagens para aproveitar tudo. Mas como o nosso objetivo aqui é outro, separei alguns lugares maravilhosos que a capital tem pra você:

Rua Sapucaí (Belo Horizonte) 

Se você já está planejando visitar a capital mineira, eu te trago mais um bom motivo: saiba que Belo Horizonte é bastante envolvida nos debates sobre diversidade. A cidade tem, inclusive, a Associação de Turismo LGBT e a Câmara de Comércio LGBT, iniciativas dedicadas a fortalecer a comunidade local.

Quando estiver por lá, não deixe de conhecer os bares e restaurantes da Rua Sapucaí para tomar uns bons drinks. Em geral, os estabelecimentos têm ótima receptividade e acolhem muito bem a diversidade. 

Gis Club (Belo Horizonte)

Que tal dançar até de manhã na balada? Que tal fazer isso em uma das casas noturnas mais antigas de Belo Horizonte?

A Gis Club é uma boate LGBT+ famosíssima na capital mineira. Dividida em dois andares, a casa conta com lounge, bar, palco para apresentações e, é claro, a pista de dança. Fica na Avenida Barbacena, no bairro de Barro Preto, e é sem sombra de dúvidas uma parada obrigatória para quem curte festas.

A casa abre às sextas, sábados e domingos, e frequentemente traz eventos temáticos incríveis, além de artistas vindos de outras regiões do país. 

Região da Savassi (Belo Horizonte)

Embora seja espetacular, a Gis Club não é o único destino célebre da vida noturna LGBT da cidade. 

Localizada na Zona Centro-Sul de BH, Savassi é um bairro conhecido por sua noite agitada e diversa. Basta caminhar pela região após o entardecer para perceber que todo mundo é bem-vindo. Mas se você quiser indicações, a Church Savassi (na Rua dos Inconfidentes) e a Jackie O (na Rua Pernambuco) são excelentes opções para suar na pista de dança.

Não gosta tanto de baladas? Calma, se você prefere rolês mais tranquilos, experimente visitar o Café com Letras, na Rua Antônio de Albuquerque. O lugar é uma mistura muito bem executada entre livraria, cafeteria, bar e restaurante. 

Pode ir pensando em um bom título literário para relaxar, no drink que você vai escolher ou nas músicas que vai dançar! Enquanto isso, quando chegar a hora de decidir o destino, já estão aqui as opções de passagens para Belo Horizonte

Rio de Janeiro  

Uma coisa é certa: o Rio continua lindo, e lindo para todas as formas de amor. Até porque, esse é um estado com tantas coisas incríveis pra fazer, que o turismo e a diversidade não poderiam deixar de se encontrar.

Vou te contar aqui sobre duas das várias opções que a capital oferece, e de quebra uma outra que fica em um lugar lindo de viver!

Praias da Zona Sul (Capital)

Turismo LGBT nas Praias da Zona Sul, Rio de Janeiro.

Ah, nada como mergulhar no clima boêmio e na beleza impactante da cidade maravilhosa. E é claro que não dá para falar da capital do estado, Rio de Janeiro, sem mencionar as praias que, além de lindas, também têm points considerados icônicos pelo público LGBT+ carioca. Eu confio, afinal, cariocas sabem se divertir.

Nas praias da Zona Sul, por exemplo, você vai encontrar áreas bem repletas de diversidade. Recomendo pegar um solzinho ao lado do Posto 9 de Ipanema ou no Posto 8 da Praia do Arpoador.

Quiosque Rainbow (Capital) 

Ainda parte das praias da Zona Sul, o Quiosque Rainbow é um pontinho colorido na orla de Copacabana e merece um destaque especial. Há 23 anos, o lugar tem sido um importante espaço de acolhimento LGBT+ na praia. Ele fica ali em frente ao Copacabana Palace, perto da Rua Rodolfo Dantas.

Ao parar no quiosque, aproveite para pedir um coquetel ou uma água de coco e para reabastecer as energias com pratos deliciosos, como a pizza marguerita que é o carro-chefe da casa. Além disso, se deixar a visita para o domingo, poderá assistir às famosas performances de drag queens que rolam por lá.

Tudo pronto para renovar esse bronze? Ou para aproveitar coquetéis e performances maravilhosas? Então não esqueça das suas passagens para o Rio de Janeiro.  

O Vale Hostel Bar (Arraial do Cabo)

Vale Hostel Bar LGBT, estadia lgbt+ friendly.

Esse é um destino para quem topa se afastar um pouco da capital.

“O Vale” é um jeitinho carinhoso de se referir à comunidade LGBT+ que surgiu na internet e hoje nomeia um encantador hostel no município de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos. 

A proposta de foco na diversidade fica evidente desde o arco-íris pintado na fachada dessa charmosa hospedaria. É verdadeiramente um ambiente pensado para proporcionar máximo conforto e segurança para pessoas LGBT+, além de estar equipado com um ótimo bar e várias áreas de convivência onde dá para conhecer muita gente.

A cidade fica a cerca de 200 quilômetros da capital do Rio de Janeiro e é cheio de praias paradisíacas que valem demais o trajeto. Aliás, fica a sugestão de leitura: a gente tem um conteúdo só sobre as melhores praias de Arraial do Cabo.

Outro lado bom é que chegar lá de ônibus é fácil, como você pode ver por essas passagens para Arraial do Cabo.

Santa Catarina

Tá na hora de chegar um pouco mais pro sul, já que todo lugar é lugar para planejar um roteiro seguro e divertido para o seu próximo passeio. Em Santa Catarina, vou deixar você com dois lugares sensacionais na capital e mais um, só que esse em uma praia conhecida no Brasil inteiro. 

Praia Mole (Florianópolis)

Turismo LGBT na Praia Mole, Florianópolis

Você sabia que, em 2009, Florianópolis foi considerada um destino turístico de categorias “Festa” e “LGBT” pelo The New York Times? Pois é, o reconhecimento internacional veio para provar que a cidade sempre foi comprometida com a inclusão e tem atrações acolhedoras para todos os públicos. 

A Praia Mole, por exemplo, é bastante famosa por ser muito frequentada por pessoas da comunidade LGBT+, além de ter paisagens belíssimas. Ah, é por lá também que você poderá acessar a Praia da Galheta, área naturista (isto é, pode se livrar das roupas se quiser!).  

Bar do Deca (Florianópolis) 

Quando estiver na Praia Mole, não deixe de passar no famoso Bar do Deca. Com 39 anos de história, o bar é um marco na cena LGBT+ de Floripa e um dos pontos de encontro mais expressivos para a comunidade.

Durante o dia e a noite, esse beach club garante uma programação animada regada a muita música, ótimos drinks e, claro, com aquele clima maravilhoso de festa na praia. Recomendo acompanhar as redes sociais do bar e o site oficial para ficar por dentro das próximas atrações.

Se a Ilha da Magia for o seu próximo destino, que tal uma olhada nessas passagens de ônibus para Floripa?

Praia do Rosa (Imbituba)

Turismo LGBT+ friendly na Praia do Rosa

Outro destino inclusivo que vai conquistar quem é fã das águas salgadas é a Praia do Rosa, que fica na cidadezinha de Imbituba. 

Essa joia da natureza catarinense vai te dar a oportunidade de fazer trilhas fantásticas nas grandes áreas de mata nativa preservada e, é claro, de se banhar nas águas cristalinas. É também um ótimo lugar para surfar e praticar outros esportes aquáticos. É lá, inclusive, que rola o evento Gay Surf Brasil.

À noite, após curtir o mar e o sol, passeie a pé pelo centro de Imbituba para aproveitar os restaurantes e bares locais e conhecer as lojinhas (nas quais dá até para renovar alguns looks de praia). 

Esse sonho tropical fica a cerca de 95 quilômetros de Florianópolis e é fácil de se acessar de ônibus. Se quiser, confira algumas passagens para Imbituba.

Dicas para encontrar outros destinos LGBT+ friendly

Embora os destinos que eu acabei de te mostrar rendam passeios encantadores e experiências inesquecíveis, eles são só uma parte do que o país tem a oferecer em termos de turismo LGBT+. 

Para mim, o melhor jeito de descobrir mais atrações parecidas e desbravar a cena da diversidade em outros lugares é o bom e velho boca a boca. Ou, no caso… post a post. Há muitos grupos de viagens LGBT+ nas redes sociais, onde você pode se conectar com turistas de vários lugares e trocar recomendações de passeios ou outras dicas.

Você pode também procurar os órgãos de turismo dos lugares que deseja visitar e solicitar diretamente informações sobre o que fazer durante a viagem. Ah, também existem alguns portais que falam especificamente sobre turismo LGBT+.

No fim das contas, o mais importante é pesquisar bastante para curtir ao máximo os passeios e se conectar com outras pessoas da comunidade. 

Viva o amor de todas as formas e em todos os cantos do Brasil!

orgulho lgbt+

É verdade que a luta contra a discriminação continua sendo um esforço diário para muita gente. Entretanto, é certamente reconfortante ver nesta seleção tantos destinos que não apenas abraçam a igualdade como celebram abertamente todas as cores da comunidade LGBT+. 

Aliás, me parece que um dos melhores jeitos de resistir contra o preconceito é mesmo ocupar cada vez mais espaços. E por que não fazer isso se aventurando pelo Brasil?

E então, quais outros destinos LGBT+ friendly você acha que deveriam estar aqui na lista? Pode me contar nos comentários!

Ah, e se você gosta de ler sobre viagens, não se esqueça de acompanhar o Tô de Passagem. Aqui você encontra os melhores conteúdos sobre destinos turísticos brasileiros e dicas para cair na estrada com segurança e comodidade. 

Boa viagem e até a próxima!  

Autor

Escrever um comentário