No roteiro, não faltará cultura e uma imersão na história do Brasil colonial, além de passeios tranquilos em contato com a natureza.

O que fazer em Ribeirão Preto

De antemão, vamos apresentar Ribeirão Preto. A cidade fica no interior do estado de São Paulo, a cerca de 300 quilômetros da capital paulista. 

Do mesmo modo que a cidade é bastante procurada como destino de negócios, ela é opção para os amantes de cultura e os que desejam dias tranquilos e de lazer. 

Mas afinal, o que fazer em Ribeirão Preto? 

Em resumo, a resposta é: uma infinidade de coisas. 

O roteiro de viagem pode ser bastante diversificado e interessante, alternando os rolês culturais com os passeios aos parques e as idas aos bons e agitados bares e restaurantes.

Aqui você vai encontrar o que fazer em Ribeirão Preto com criança, sozinho, em família, com amigos, com chuva ou com sol. 

Então, “bora” conhecer com mais detalhes as dicas do que fazer em Ribeirão Preto! 

Lugares para ir em Ribeirão Preto de Dia

Lugares para ir em Ribeirão Preto de Dia

Primeiramente, vamos apresentar o que tem pra fazer em Ribeirão Preto de dia. Portanto, vamos falar dos espaços culturais, que contam, por si só, um pouco da história da cidade, dessa forma, assim que pisar em Ribeirão Preto, você já vai se familiarizando. 

  • Theatro Pedro II:

O Theatro Pedro II é considerado Patrimônio Histórico do município, o prédio foi inaugurado em 1930, durante o ciclo do café, e a arquitetura imponente chama atenção na Rua Álvares Cabral. 
Como curiosidade, a casa de espetáculo sofreu um incêndio e, por isso, ficou fechada por 16 anos. Foi apenas em 1996 que voltou a receber o público. 

  • Museu do Café Francisco Schmidt:

Esse lugar reúne toda a história do cultivo do café no estado de São Paulo, afinal, o acervo formado pelos registros em fotos, jornais e revistas, além dos objetos utilizados na época, é bastante rico.
O museu fica no prédio onde funcionava a antiga sede da Fazenda Monte Alegre, localizado no Campus da Universidade de São Paulo (USP). 

  • Santuário das Sete Capelas:

Como o próprio nome sugere, o Santuário é formado por sete capelas que, juntas, formam um semicírculo. Cada uma delas faz alusão a um santo, sendo eles: Nossa Senhora das Graças, São Lucas Tadeu, Nossa Senhora Aparecida, Santa Terezinha, São Jorge, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e a Capela da Penitência.

  • Catedral Metropolitana:

É preciso mencionar, sobretudo, que a Catedral é a principal igreja católica da cidade, ela fica localizada no centro, na Rua Florêncio de Abreu, e seu santo padroeiro é São Sebastião, isso porque, no período colonial, os fazendeiros doaram terras em adoração à esta figura católica.

  • Museu Casa de Portinari:

Antes de tudo, o Museu Casa de Portinari não fica exatamente em Ribeirão Preto, mas em uma cidade vizinha chamada Brodowsk, depois, o Museu é a casa onde o artista plástico viveu com sua família e realizou diversas experiências com pinturas, até mesmo nas próprias paredes da residência.
Em suma, a instalação foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo em 1970, mesmo ano que o museu foi inaugurado.  

Além de todas essas dicas, é importante mencionar que essas são alternativas até mesmo sobre o que fazer em Ribeirão Preto com chuva. 

Logo após esse tour histórico cultural, é hora de relaxar e curtir um pouco do que a natureza tem a oferecer, não é mesmo? 

Então, vamos conhecer alguns espaços ao ar livre na cidade. 

  • Jardim Japonês:

Conforme o nome sugere, é um Jardim formado por lagos, pontes e plantas que remetem à cultura oriental. O espaço passou por um processo de revitalização em 2008 e fica dentro do Bosque Municipal Fábio Barreto.
É uma boa escolha para quem quer passar o dia em contato com a natureza, desfrutando do cenário que encanta. 

  • Bosque Municipal Fábio Barreto:

Assim como o Jardim Japonês, outros espaços dentro do Bosque propiciam contato direto com a natureza, por exemplo: o aquário que reúne mais de 50 espécies da fauna brasileira e também o mirante, que permite ver a cidade a 45 metros de altura. 

  • Parque Doutor Luis Carlos Raya:

Antes de tudo, o visual do parque é lindo com o toque especial das pequenas cachoeiras artificiais que compõem o cenário.  
Ao mesmo tempo em que é opção de passeio para quem deseja curtir horas de pausa e descanso, é um lugar indicado para os que querem se exercitar. 

  • Parque Prefeito Luiz Roberto Jábali:

Primeiramente, o parque é um verdadeiro complexo da natureza, com mais de 150 mil metros quadrados de área verde, também o chamam de Parque Curupira e o espaço tem lagos, lagoas e cachoeiras que dividem espaço com a vegetação nativa e com espécies animais, como peixes, patos e pássaros. Agora você já tem todas as dicas sobre o turismo que pode ser praticado em Ribeirão Preto da manhã até a parte da tarde.

Lugares para ir em Ribeirão Preto à Noite

Lugares para ir em Ribeirão Preto à Noite


Finalmente, a noite chega e para fechar o roteiro com chave de ouro, vamos apresentar o que fazer em Ribeirão Preto de noite.

Antes de mais nada, saiba que os restaurantes e barzinhos da cidade são bastante animados. Por isso, vamos apresentar algumas alternativas de estabelecimentos que podem deixar sua estadia nessa cidade ainda mais proveitosa!

  • Chess Pub Ribeirão Preto:

Sobretudo para quem gosta de música sertaneja, o espaço é bastante indicado. O cardápio tem petiscos variados e, claro, cerveja gelada.

  • Vila Dionísio:

É uma casa noturna com apresentação de diferentes gêneros musicais e um cardápio com mais de 200 tipos de cerveja.

  • Sorveteria do Geraldo:

Temos que falar o quão tradicional é a Sorveteria do Geraldo em Ribeirão Preto. Afinal, é a sorveteria mais famosa da cidade e está há décadas no mercado, portanto, não pode ficar de fora do roteiro. O sorvete é feito com o doce das frutas e é considerado o mais delicioso de Ribeirão. 

Restaurantes e Bares de Ribeirão Preto

Restaurantes e Bares de Ribeirão Preto
Foto Meramente ilustrativa

Como mencionamos acima, bares e restaurantes na cidade são agitados, então, a seguir conhecerá alguns dos melhores! 

Choperia Pinguim:

Há mais de 80 anos, a Choperia Pinguim oferece cerveja gelada aos clientes. O prédio, localizado perto da Catedral Metropolitana, tem uma arquitetura que chama atenção.

  • Colorado Cervejarium:

Em resumo, dá até para se perder na variedade de cervejas artesanais que o Colorado oferece. Além disso, o cardápio tem várias opções de petiscos e lanches. 

  • Cantina La Cucina Di Tullio Santini:

A Cantina é, sobretudo, opção para quem busca a culinária italiana, acompanhada de um bom cardápio de vinhos, além disso, o ambiente é aconchegante e a decoração típica mostra o cuidado com os detalhes.

  • Mercado Municipal de Ribeirão Preto:

Além de reunir mais de 150 boxes que comercializam variedade de verduras, frutas, castanhas, carnes e peixes, há opções de lanchonete e cafeterias no espaço.

  • Novo Mercadão da Cidade:

Quem passeia pelo Novo Mercadão, vai encontrar opções de bares e restaurantes, como por exemplo, Alameda 79, famoso pelos pastéis, e Liban Gourmet, que vende especialidades árabes. 

Agora que você já sabe o que fazer em Ribeirão Preto, esperamos que já esteja com as malas prontas e cheio de energia para fazer esses passeios inesquecíveis.

Veja também no Tô de Passagem:

Mochilão: O Que É E Como Fazer O Seu!
8 Dicas Para Evitar O Enjoo Em Viagens
25 Coisas Para Fazer Em São Paulo Capital

Escrever um comentário