Saiba tudo sobre a viagem ao Guarujá, cidade do litoral sul de São Paulo, cujo roteiro vai muito além das praias   

Onde fica Guarujá

Logo que falamos da cidade do Guarujá, a imagem que vem à cabeça é das variadas praias e de dias ensolarados.

De fato, devido à localização privilegiada, Guarujá é destino de muitos turistas que desejam desfrutar de algumas das 27 praias que compõem os mais de 20 quilômetros de costa marítima da cidade.  

Além disso, tem mais uma vantagem: Guarujá fica próxima a capital de São Paulo, a cerca de 88 quilômetros, no litoral Sul. Curiosamente, Guarujá é considerada “Pérola do Atlântico” e fica na Ilha de Santo Amaro.

O que fazer no Guarujá

Da mesma forma que muitos turistas buscam a cidade para desfrutar das praias, Guarujá também é um destino procurado por quem tem o estilo mais aventureiro e gosta de realizar trilhas.  

Além disso, tem outras atrações que tornam o roteiro de viagem diverso e interessante, como, por exemplo, os mirantes que proporcionam vistas de paisagens incríveis. 

Depois, Guarujá tem alguns fortes, fortalezas e pavilhões que contam um pouco da história colonial brasileira. 

Outra dica que pode animar os dias de hospedagem na cidade são os famosos passeios de barco ou escunas.

De forma geral, eles levam as pessoas até as praias mais afastadas, como Bertioga, e também passam por monumentos históricos, geralmente, anunciados pelos guias turísticos.   

Por fim, não podemos deixar de mencionar a vida noturna bastante agitada: casas de shows, bares e restaurantes funcionam à noite e, alguns, possuem programação de música ao vivo. 

Ou seja, é muito fácil encontrar o que fazer em Guarujá, opções não faltam.  

Agora, vamos conhecer com um pouco mais de detalhes alguns dos pontos turísticos de Guarujá. 

Pontos Turísticos de Guarujá

Pontos Turísticos de Guarujá

Depois desta introdução, vamos apresentar melhor os atrativos da cidade e os lugares para ir em Guarujá. 

Acqua Mundo

Primeiramente, vamos começar pela atração que é uma das mais requisitadas por quem visita Guarujá: o aquário Acqua Mundo. 

Em suma, ele é considerado um dos maiores da América Latina, inclusive, é destino de excursão de estudantes, organizada por algumas escolas, pois é uma verdadeira aula de educação ambiental. 

De forma geral, o Acqua Mundo tem cerca de 170 espécies da fauna brasileira e um total de três mil animais em exposição, cada qual em seu respectivo habitat, seja marinho ou terrestre.

A princípio, o tanque de água salgada, de capacidade de 800 mil litros, é a principal atração e é nele que vivem os temidos, mas também adorados, tubarões. 

Além deles, outros animais encantam e impressionam os visitantes. Desde os pinguins, às tartarugas, corais, peixes, arraias e também os jacarés e as cobras.

Em suma, se você se interessa pelo mundo animal ou vai viajar com as crianças, já anota no roteiro: Acqua Mundo fica localizado na Praia da Enseada, na Avenida Miguel Estéfano e vale muito a pena conhecer!  

Mirante do Morro do Maluf

Quando falamos dos mirantes em Guarujá, o Mirante do Morro do Maluf é o mais famoso da cidade. 

Além da vista incrível de toda a Praia da Enseada, a 40 metros de altura, os turistas mais radicais podem se programar para praticar rapel e também voo livre. 

Também chamado de Mirante do Morro da Campina, fica localizado entre a Praia de Pitangueiras e a Praia da Enseada e é considerado o Marco Zero de Guarujá.

Em 2019, esse Mirante passou por obra de revitalização. 

Mirante do Morro das Galhetas

Sobretudo, o Mirante do Morro das Galhetas é o primeiro da Região Metropolitana da Baixada Santista a ter um piso de vidro suspenso, com vista para a Praia do Tombo. 

Assim como o Morro da Campina, o ponto turístico passou por uma revitalização, no ano de 2020, incluindo obra de pavimentação e paisagismo. 

Por fim, é um lugar bastante procurado para contemplar o pôr do sol. 

Pavilhão da Maria Fumaça

Depois de passar por uma obra, por cerca de três meses, o Pavilhão da Maria Fumaça foi reaberto para visitação em 2020.

Resultado da revitalização do espaço, agora os turistas podem acessar a história da locomotiva por meio do QRCode. 

Em suma, a ferrovia foi inaugurada em 1893 e desativada no ano de 1956.

Antigamente, a Maria Fumaça era utilizada por moradores e turistas para chegar até o centro da cidade, Vicente de Carvalho e também até às balsas, que levavam para Santos. 

Hoje, a Maria Fumaça fica exposta no cruzamento da Avenida Puglisi com a Avenida Leomil, no centro de Guarujá, mais precisamente na Praia das Pitangueiras. 

Forte das Andradas

Primeiramente, o Forte das Andradas fica localizado ao sul da Ilha de Santo Amaro, entre as praias de Tombo e Guaiúba, das quais falaremos mais adiante. 

Juntamente com a Fortaleza de Itaipu, o Forte das Andradas era utilizado como proteção aos ataques piratas e foi construído em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial.  

Nesse sentido, o Forte é todo formado por túneis, que abrigavam soldados, enfermeiros, banhistas e cozinheiros. 

Hoje, abriga o Museu do Exército Brasileiro e, para visitar, é necessário agendamento prévio. 

Trilha da Praia do Éden

Agora, vamos falar de algumas das trilhas que podem ser incluídas no roteiro de viagem. 

Começamos pela Trila do Éden que leva até a praia de mesmo nome. O trajeto, um pouco íngreme e com duração médica de 20 minutos, é feito pela Estrada do Pernambuco. 

Em síntese, dá para fazer de carro ou a pé.  

Trilha da Praia Branca

Como o nome sugere, essa trilha leva até a famosa Praia Branca e o caminho é fácil, com duração de cerca de 20 minutos. 

No entanto, não se pode dizer o mesmo da segunda etapa do passeio, que conduz até a Praia Preta e a Praia do Camburi.

Parque do Conde

De forma geral, o Parque do Conde é um bom ponto de parada para os viajantes que querem contato direto com a natureza. 

Também é apreciado pelos que gostam de praticar esportes mais radiais, como rapel, tirolesa e parede de escalada. 

Praias do Guarujá

Praias do Guarujá

Como mencionado, Guarujá tem 27 praias ao longo de sua extensão e, por ser um destino litorâneo, as praias do Guarujá acabam sendo os principais pontos turísticos da cidade. 

Vamos apresentar aqui dez delas. 

Praia da Enseada

De antemão, a Praia da Enseada é a maior da cidade do Guarujá, com cerca de 5,6 quilômetros de extensão. 

Devido à localização, tem boa oferta de opções de passeios e de restaurantes. É nela que fica o Acqua Mundo e é onde acontece o festival de verão. 

Praia das Pitangueiras

Em suma, é a praia mais central do Guarujá e, até mesmo por isso, é bastante movimentada, principalmente na alta temporada e aos finais de semana.

Ao longo de quase dois quilômetros de extensão, os turistas encontram boas opções de bares e restaurantes. Também tem shopping center e galeria comercial.

Para os que viajam com criança ou até mesmo para os adultos que querem tomar banho de mar sem muita preocupação, o mar da Praia das Pitangueiras costuma ser tranquilo.

Praia do Pernambuco

Em primeiro lugar, a Praia do Pernambuco está entre uma das mais requisitadas pelos turistas e fica localizada em um bairro nobre do Guarujá. 

 Além de oferecer estrutura de restaurantes e hospedagem, atrai os turistas que gostam dos esportes marítimos, como stand up paddle. 

Mar Casado

Acima de tudo, Mar Casado tem um cenário espetacular e é de fácil acesso. Não é à toa que muitos a procuram para contemplar o pôr do sol. 

Como o próprio nome sugere, durante a maré baixa, acontece o encontro do mar com o da praia vizinha, a Praia de Pernambuco.  

Se der sorte de ir à praia quando não tiver muitas ondas, ainda dá para se deliciar em uma verdadeira piscina natural. 

Perequê

Sobretudo, Perequê é facilmente identificada pelos barquinhos à beira do mar, porque é uma praia de pescadores. Na verdade, é uma das maiores colônias de pesca da baixada santista.   

Resultado disso, é que a praia é ponto de parada de muitos turistas que procuram por frutos do mar e peixes frescos. São vários os restaurantes caiçaros localizados na região. 

Praia do Tombo

Praia do Tombo no Guarujá

Por estar distante da área urbana, a Praia do Tombo possui Bandeira Azul. Ou seja, o certificado internacional de qualidade ambiental, já que poluição não existe por ali.  

Apesar da localização mais afastada, oferece estrutura de restaurantes e opções de hospedagem. 

Além de ser frequentada pelos surfistas, é procurada como local para a realização de campeonatos de surf.  

Praia Astúrias 

Frequentemente, a Praia Astúrias é procurada por pescadores, principalmente na extremidade conhecida como Canto das Astúrias. 

Eventualmente, também é escolha de muitos casais apaixonados que desfrutam do entardecer no local e fazem registros fotográficos com o lindo cenário da praia. 

Em resumo, as águas do mar são agitadas e esverdeadas e a praia fica localizada entre a praia do Tombo e a Pitangueiras. 

Guaiúba

Ainda que não tenha nem 800 metros de extensão, a praia Guaiúba é uma das mais conhecidas do Guarujá e é recomendada para famílias com crianças pequenas.  

Há, portanto, algumas razões para isso. Primeiro, porque o acesso à praia é fácil. Segundo, porque oferece quiosques e restaurantes.

Por último, um motivo que é preocupação de muitos turistas: as águas do mar são calmas e há poucas ondas.  Sem contar no aspecto cristalino bastante convidativo para fazer mergulho. 

Praia do Éden

Definitivamente, a Praia do Éden é um paraíso, tal como o nome sugere. Fica localizada na reserva ecológica do Sorocotuba e, por causa disso, é rodeada de vegetação da mata atlântica. 

Como se não bastasse, as águas do mar tem cor esmeralda e, por vezes, é possível ver tartarugas marinhas. 

Por fim, é importante saber que a praia não dispõe de estrutura e para chegar até ela é necessário realizar uma trilha. 

Portanto, vale se planejar com garrafinha de água e petiscos, além do protetor solar. 

Praia Branca

Conhecida como prainha Branca, é caracterizada pela areia fofa e clara e fica localizada na Área de Proteção Ambiental da Serra do Guararu. 

 É escolha dos que querem fugir do agito e muitos optam por acampar por lá. 

Ao lado esquerdo, a praia tem um mar agitado, com ondas mais fortes, enquanto que do lado direito, as águas são mais calmas. 

Quando ir para o Guarujá 

Quando ir para o Guarujá 

De acordo com o índice de turismo, que considera dias de céu aberto e sem chuva, com variação de temperatura entre 18º e 27º, a melhor resposta para quando ir a Guarujá é: entre o começo de maio e o fim de setembro.

Desta forma, é possível curtir melhor as praias, trilhas e passeios da cidade ao ar livre.

Assim como a maioria dos destinos brasileiros litorâneos, a cidade acaba recebendo maior movimento de turistas nas férias escolares do fim e começo do ano (meses de dezembro e janeiro), além dos feriados prolongados, caracterizados pelo bom clima, como o Carnaval.

Portanto, vale se planejar! 

Clima no Guarujá

De forma geral, o clima em Guarujá é caracterizado pela estação de verão curta e quente, enquanto o inverno é longo e agradável. 

Já em relação às chuvas, é frequente quase que o ano todo. 

Em suma, a temperatura no Guarujá varia entre 18ºC e 31ºC. Entre os meses de janeiro e março, os termômetros podem chegar à média de 30ºC

Por fim, entre maio e outubro, a média diária da temperatura em Guarujá fica em torno dos 26ºC. 

Restaurantes e Bares no Guarujá

Agora, vamos falar um pouco da gastronomia da cidade e apresentar restaurantes no Guarujá que são bastante famosos e tradicionais. Além das porções de peixe frito, camarão, lula, ostras e casquinha de siris que não faltam nos  quiosques à beira mar, Guarujá tem o toque refinado de alguns restaurantes. 

Rufino’s

Em primeiro lugar, Rufino’s é um dos restaurantes mais tradicionais do Guarujá e foi inaugurado na década de 1970. Como não poderia deixar de ser, o cardápio é farto de opções de frutos do mar, como camarão, lula, ostra, polvo e mexilhão. 

Avelino’s

Apesar de também especializado em frutos do mar, Avelino’s serve opções de massas, risotos, carnes vermelhas e até mesmo menu infantil. O estabelecimento fica localizado na Praia das Pitangueiras e é um dos mais movimentados do Guarujá. 

Alcide’s

Similarmente ao restaurante Avelino’s, Alcide’s também tem um cardápio diversificado e não se limita aos frutos do mar, é também bastante tradicional na cidade. 

Como chegar no Guarujá em São Paulo

Como chegar no Guarujá em São Paulo

Em síntese, dá para chegar ao Guarujá pelo mar, por meio das travessias de balsas, ou pela rodovia, de carro ou de ônibus. Se você busca por conforto e economia a última opção é a mais recomendada, assim você pode ficar tranquilo com o trajeto e focar na sua diversão, já que a rodoviária do Guarujá recebe ônibus de muitos lugares, assim fica muito mais fácil programar sua viagem.

Rodoviária do Guarujá

Primeiramente, se for de ônibus, não precisa se preocupar, porque o Terminal Rodoviário do Guarujá funciona 24 horas e três viações operam ali: Cometa, Ultra e Rápido Brasil. 

Além disso, a rodoviária de Guarujá tem boa estrutura, com lanchonete, lojas e também cadeiras para aguardar a saída e chegada do ônibus no horário programado. 

Agora que sabe todos os detalhes sobre o Guarujá, basta escolher a melhor data para ter momentos inesquecíveis nesse destino paulista! 
 

 

Veja também no Tô de Passagem:

22 Patrimônios Da Humanidade Que Ficam No Brasil
10 Cidades Incríveis Para Conhecer No Interior De São Paulo
12 Lugares Para Viajar Perto De São Paulo No Final De Semana