Aos poucos já vivemos o tão comentado ‘Novo Normal’. Muitos assuntos têm sido debatidos ao longo dos últimos meses, e a segurança, sem dúvida, é um deles. Ter segurança para viajar é fundamental. Em tempos de pandemia, então, torna-se ainda mais evidente.

Sabemos que o cenário ainda é incerto e, por isso, a recomendação é que viagens só aconteçam em caso de necessidade, principalmente para serviços ou atividades considerados essenciais. Neste sentido, o ônibus é uma das opções não só mais democrática como também mais segura para viajar.

Isso porque, desde que surgiram as primeiras notícias sobre a COVID-19, o setor rodoviário se mobilizou para garantir toda infraestrutura e segurança, tanto para os funcionários quanto aos passageiros, em toda a jornada, ou seja, antes da viagem, na rodoviária e antes de seguir viagem.

Portanto, além do uso de álcool gel e máscara, práticas como a medição de temperatura com laser na entrada, limpeza ainda mais frequente de ar-condicionado, lixeiras específicas para descarte de máscaras e luvas têm sido usados de forma recorrente. Já no processo de embarque, tanto empresas de ônibus quanto plataformas de venda de passagens pela internet, como a ClickBus, têm incentivado o embarque com e-Ticket para evitar aglomeração e os contatos físicos.

Essas são algumas medidas para trazer mais confiança e segurança ao viajante, mas não parou por aí: em parceria com as viações, a ClickBus lançou o Selo de Segurança Reforçada, uma forma de dar ainda mais visibilidade sobre protocolos de segurança com base nas recomendações de órgãos competentes, como a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e o Ministério do Turismo.

São mais de 100 empresas de ônibus que já aderiram ao Selo, e isso significa que estas viações estão cumprindo pelo menos três medidas de higiene e segurança:

  • Limpeza e desinfecção dos veículos;
  • Jornada com menos contato;
  • Orientação sobre higienização aos passageiros.

Os passageiros poderão avaliar se a viação com a qual viajou está adequada com as medidas de segurança citadas acima. Tudo para que, se você precisa viajar, faça uma viagem com ainda mais higiene e segurança.

Portanto, viajante, se realmente precisa viajar tenha certeza que o setor rodoviário tem trabalhado muito para garantir seu bem-estar. No entanto, a indicação é que você fique em casa o máximo possível. Vamos juntos torcer para que tudo volte ao normal o mais rápido possível. 🙂

Leia Mais no Tô de Passagem:

Ranking Com As 25 Melhores Praias Do Brasil Para Visitar
Comidas Típicas Do Nordeste Do Brasil: Conheça 9 Pratos!
8 Museus Online Brasileiros Para Visitar Na Quarentena

Escrever um comentário