De lugares históricos a regiões com beleza natural exuberante e praias de tirar o fôlego, os pontos turísticos da Bahia dizem muito sobre o porquê tantas pessoas viajam para lá

O maior estado nordestino é conhecido pelas suas praias paradisíacas, pela produção de café e pela valorização da cultura negra! Portanto, já se pode imaginar que há muitos e interessantes pontos turísticos na Bahia, inclusive, alguns são praticamente obrigatórios para os turistas!

Que tal conhecer uma série de lugares emblemáticos desse estado e mapear aqueles que não podem faltar na sua passagem por lá? 

Pelourinho em Salvador

Pelourinho em Salvador

A região do Pelourinho, ou “Pelô”, é um dos cartões postais de Salvador. Isso porque reúne construções antigas bem coloridas e vibrantes, lojinhas, igrejas e muita história sobre as nossas raízes africanas. 

Uma alternativa interessante para caminhar pelo lugar com rumo é a Caminhada Salvador Negra, cuja finalidade é guiar os turistas pelos casarões e estabelecimentos, compartilhando informações sobre a história preta do país, essencial para o desenvolvimento do país. 

Além disso, o Pelô é o point dos empreendimentos culinários, oferecendo pratos típicos aos visitantes. Ou seja, esse também é um ponto turístico da Bahia à noite, que pode ser uma boa opção de passeio, independente do horário.   

A região também reúne igrejas que são verdadeiras obras de arte! Exemplo disso é a Igreja e Convento de São Francisco, que apresenta uma arquitetura baseada em exuberantes fios de ouro e um claustro feito de azulejos portugueses singulares.  

Outras construções que podem ser contempladas durante o passeio são a Catedral Basílica, com traços renascentistas, e a Igreja da Ordem Terceira, uma importante obra barroca do país. 

Mercado Modelo em Salvador 

Um dos principais pontos turísticos da Bahia é o Mercado Modelo, tendo em vista a sua longa história – sua inauguração foi há quase 108 anos – e os produtos que comercializa, tão representativos da cultura baiana. 

Entre artesanatos e produtos alimentícios, os turistas se sentem em um verdadeiro shopping de lembrancinhas de viagem! É nesse lugar também onde geralmente acontecem aqueles bate papos que rendem com os vendedores locais, mais uma peça chave da cultura de Salvador e do estado.

Para completar a lista de atrativos desse ponto turístico da Bahia, dois restaurantes bem tradicionais: o Maria de São Pedro e o Camafeu de Oxóssi. Ambos são altamente especializados em comida baiana, ou seja, muito bem temperada e à base de frutos do mar! Que delícia… 

Elevador do Lacerda em Salvador 

Elevador do Lacerda em Salvador

Com nada menos do que 147 anos de história, o Elevador Lacerda já foi conhecido por ser o elevador urbano mais alto do globo terrestre! E, anualmente, passam por ele mais de 5 milhões de passageiros. O intuito deles é transitar entre a Cidade Alta e a Cidade Baixa de Salvador. 

E se o lugar é lindo de dia, o ponto turístico da Bahia à noite se torna ainda mais charmoso, dada a iluminação do próprio monumento e da cidade – a vista do ponto mais alto do elevador é, sem dúvida, cheia de luz.  

Basílica Santuário Senhor do Bonfim em Salvador 

Construída em 1974, em um estilo que mistura traços neoclássicos com a fachada em rococó, de longe é possível identificar a grade que cerca a Basílica. No entanto, não é apenas pela arquitetura, como também e, principalmente, pelas fitinhas coloridas tão associadas à cultura baiana. 

Agora, quer saber uma curiosidade? Apesar do lugar ser católico e a origem das fitas estar relacionada ao Senhor do Bonfim, a cor delas tem como base elementos do Candomblé e Umbanda, os Orixás. Azul faz menção à Iemanjá e amarelo, a Oxum, e assim por diante. 

Uma dica para visitar esse ponto turístico em um momento especial é marcar sua ida na quinta-feira antes do segundo domingo após o Dia de Reis – bem específico, não é? Mas vale a pena devido ao evento emocionante que acontece: a lavagem das escadarias do Santuário. 

As baianas jogam água de cheiro nos degraus e adro (terreno aberto do entorno) a fim de afastar as energias negativas, sempre ao som dos cânticos religiosos da África.  

Centro Histórico de Porto Seguro

Centro Histórico de Porto Seguro

O Centro Histórico da cidade é um símbolo histórico, tanto para a região quanto para a história brasileira, e por sua importância, bem como pela preservação das suas características originais – do século 16 –, foi tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) como Patrimônio Histórico Nacional e reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade. 

Localizado na chamada Cidade Alta – essa região centralizava as construções relacionadas à religião e política –, o centro, hoje, concentra igrejas, como por exemplo Nossa Senhora da Pena, Nossa Senhora da Misericórdia, entre outras, e espaços culturais, como o Museu do Descobrimento. 

Uma dica valiosa para aproveitar todo potencial dessa opção do que fazer em Porto Seguro é contratar um guia turístico, pois ele apresentará os espaços e contará suas histórias, agregando informações interessantes. 

Casa de Cultura Jorge Amado em Ilhéus 

Imagine estar na casa onde um grande escritor brasileiro viveu sua infância e juventude… Uma experiência interessante, não? 

Na Casa de Cultura Jorge Amado, o visitante pode admirar a construção original, tanto externa quanto internamente, bem como ter acesso à exposição de roupas, fotos, histórico dos pais e da infância, além de vídeos sobre o escritor

Vale a pena para quem é fã do gênio por trás de obras, como “Capitães de Areia” e “Gabriela, Cravo e Canela”. 

Parque Nacional Marinho dos Abrolhos em Caravelas 

Há duas opções de logística para visitar o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, que contribui para a proteção da região com a maior biodiversidade marinha do Brasil: passeio bate-volta e passeio pernoite. 

Quanto às atividades turísticas, surpresas maravilhosas, como por exemplo: mergulhos tanto na superfície quanto nas regiões mais profundas, que permitem ao turista observar de perto a colorida vida marinha, composta por peixes e recifes, por exemplo. 

Outro passeio possível nesse ponto turístico da Bahia é o de barco com a finalidade de observar as baleias-Jubarte, um fenômeno icônico na região. 

Além disso, há alternativas de trilhas, cujo percurso apresenta as ricas fauna e flora locais, a exemplo da Trilha na Ilha Redonda e na Ilha Siriba. 

Chapada Diamantina – Lençóis, Andaraí, Palmeiras, Ibicoara e Mucugê

Chapada Diamantina

A Chapada Diamantina é famosa por seus atrativos naturais, que garantem aos visitantes uma extensa lista de atividades relacionadas ao ecoturismo e ao turismo de aventura. 

Hoje, a Chapada Diamantina – Bahia atrai turistas que querem conhecer suas belezas intocadas ao mesmo tempo em que têm o objetivo de se desconectar da poluição, estresse e toda a rotina vivida nas selvas de pedra.  

Confira como o turista pode usufruir desse lugar!

Morro do Pai Inácio 

Um dos principais cartões-postais da Chapada Diamantina, a formação rochosa imponente e coberta de verde é, certamente, uma das obras de arte da mãe natureza. 

Para o visitante que está diante desse monumento, pode parecer impossível subir até o topo, porém, leva cerca de 25 minutos e há uma escadaria para facilitar o trajeto. E cada passo vale a pena! A vista do Morro do Inácio proporciona uma paisagem única, que merece muitos e muitos registros fotográficos.  

Grutas

Grutas na Bahia

Primeiramente, grutas são formações rochosas que podem ser análogas a cavernas e dentro delas ainda são contempladas porções de água cristalinas, formando paisagens dignas de registros fotográficos. 

Na Chapada, você poderá descobrir toda beleza das seguintes grutas: Gruta Torrinha, Gruta da Fumaça Gruta Lapa Doce, Gruta dos Brejões, Gruta Azul, Poço Azul, Poço Encantando e outros.

Cachoeiras

As cachoeiras também são atrativos que vão além da exuberância natural, sendo super úteis em dias de calorão, pois em algumas é possível mergulhar!

Algumas opções para incluir na lista, são: Mixila, onde há uma queda d’água com cerca de 80 metros de altura e muita natureza no entorno, Ferro Doido, marcada por quatro quedas d’água, provenientes de um cânion com aproximadamente 100 metros e Fumacinha, formada por paredões imponentes combinados à queda d’água – essa é uma paisagem de emocionar qualquer um!

Praias como pontos turísticos da Bahia 

Praia da barra em Salvador na Bahia

Baía de Todos os Santos

Baía de Todos os Santos tem uma praia urbana, ideal para curtir a maré mansa e pertinho da região mais movimentada. Ela já esteve na lista de melhores praias do mundo pelo jornal The Guardian! Ou seja, é realmente pertinente para o seu roteiro.

Praia de Itapuã em Salvador 

Praia de Itapuã

É uma das mais famosas praias de Salvador, com águas calmas esverdeadas e ponto de desova de tartarugas marinhas, onde há, inclusive um ponto do Projeto Tamar. 

Praia do Buracão em Salvador 

Agora, se você prefere mares mais agitados, então mergulhe nas águas da Praia do Buracão, um achado deserto e charmoso entre prédios e casas residenciais. É perfeita para quem quer ter privacidade, curtir uma linda paisagem e beber um drink à beira mar.

Praia de Ponta do Corumbau em Prado

Praia de Ponta do Corumbau

Piscinas naturais, passeios de barco e paisagem paradisíaca resumem os encantos dessa praia, que chama a atenção, principalmente de turistas que priorizam momentos de lazer e sossego. 

Praia de Itacarezinho em Itacaré 

Sabe o que é interessante nessa praia? Apesar da paisagem rústica, que combina áreas de verde, uma ampla faixa de areia e o mar cristalino, o lugar ainda conta com dois restaurantes: o Itacarezinho e o Txai Resort. 

Nessa praia, o turista também tem a oportunidade de desvendar a rota da Trilha das Quatro Praias (Praia da Engenhoca, Praia Havaizinho e Praia da Camboinha).

Com tantos pontos turísticos da Bahia cheios de encantos, história e beleza natural, haja viagens para conhecê-los, hein? Mas pode apostar que todas valerão a pena! 

Veja também no Tô de Passagem:

12 Melhores Praias Do Nordeste: Uma Seleção Especial
Ranking Com As 25 Melhores Praias Do Brasil Para Visitar
Férias De Verão: 20 Destinos Nacionais Para Visitar

Escrever um comentário