Categoria

Macapá

A viagem a Macapá contempla pontos turísticos icônicos, um clima característico e bons pratos à base de frutos do mar

Onde fica o Macapá

Capital do Amapá, a cidade de Macapá coleciona curiosidades quando se trata de sua localização geográfica. Além de fazer parte da região norte do país, esse destino é cortado pela linha do Equador e é exatamente por esse fato que abriga o monumento Marco Zero – inclusive, falaremos mais sobre ele mais adiante, em pontos turísticos de Macapá.

Outro diferencial é que o Macapá não faz fronteira apenas com estados do território nacional (Pará), mas também com outros países, como Guiana Francesa e Suriname. Já no que diz respeito ao seu litoral, o Oceano Atlântico, bem como a foz do Rio Amazonas marcam presença.

Quando ir para Macapá

Nada como um bom referencial para poder decidir de forma assertiva quando ir para Macapá! Portanto, a seguir, vamos apresentar algumas recomendações do site Weather Spark, cuja especialização são as análises climatológicas.

Segundo seu índice de turismo, os dias com céu aberto e sem chuva, com sensação de temperatura entre 18 °C e 27 °C, ou seja, condições climáticas agradáveis, acontecem do fim de junho ao início de outubro, com índice máximo na segunda semana de agosto.

Uma curiosidade é que o índice de praia e piscina, que, geralmente, apresenta indicações de datas baseadas em temperaturas mais elevadas – de 24ºC a 32ºC – também recomenda o período citado anteriormente.

Temperatura e clima de Macapá

Temperatura e clima de Macapá

Conforme informamos no início do conteúdo, Macapá é cortado pela Linha do Equador. Devido à sua localização diferenciada o clima predominante na região é o equatoriano.

As características desse clima podem ser bem atrativas, principalmente para quem curte o calor. Isso porque as temperaturas normalmente estão altas, assim como a sensação de umidade. Os termômetros oscilam pouco – as temperaturas máximas giram em torno de 31ºC e 34ºC. Já as mínimas transitam entre 24ºC e 25ºC.

Quanto às chuvas, fique de olho nos meses entre janeiro e julho, pois é quando elas são mais recorrentes – o nível de pluviosidade fica entre 80 mm e 177 mm, mensalmente. Enquanto entre agosto e novembro, as precipitações são pouco incidentes, com índices que variam entre 2 mm e 23 mm.

Eventos em Macapá

Ciclo do Marabaixo

Capoeira, batuque das rodas de marabaixo, canções e danças, além de um passeio ciclístico, compõem as atividades promovidas durante o evento, que também tem grande importância no que se refere à valorização e preservação das referências histórias e culturais afroamapaenses.

Não é para menos que é considerado patrimônio cultural imaterial do Brasil.

Festival Quebramar

Anualmente, o palco dessa cidade recebe cantores e bandas do país inteiro. Além disso, também promove debates e palestras sobre temas relevantes, como por exemplo meio ambiente, bem como cursos e oficinas de arte. Interessante, hein?

O que fazer em Macapá

Primeiramente, você deve saber que, apesar de não estar na lista de principais destinos turísticos da maioria dos viajantes, Macapá pode oferecer experiência incríveis, sobretudo em razão de sua cultura, que reflete as raízes amazônicas e tradições nortistas.

De Vila quilombola a museus e restaurantes, o leque de opções do que fazer em Macapá é vasto e, sem dúvida, irá surpreender você! Confira mais adiante os detalhes sobre a programação macapaense.

Pontos Turísticos de Macapá

Marco Zero do Equador 

Esse é um dos mais importantes, se não o mais, cartão postal da capital. Afinal, esse ponto turístico marca exatamente onde a Linha do Equador corta o município.

Uma curiosidade é que, além de ser um obelisco com 30 metros de altura, o Marco Zero possui em seu topo um círculo que, no período do Equinócio (quando o Sol corta a Linha do Equador), é tomado por raios solares, o que ocorre entre setembro e outubro.

Fortaleza de São José do Macapá 

Fortaleza de São José do Macapá

Construída no século 18 para proteger a cidade de invasões de estrangeiros, é uma relíquia que leva todos os visitantes para uma viagem no tempo a partir de elementos, como sua estrutura arquitetônica de época, assim como canhões e salas oficiais de comandantes. 

Além disso, esse ponto turístico leva o título de patrimônio histórico concedido pelo Instituto Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Ademais, é um local que rende lindos registros de viagem, tendo em vista sua beleza arquitetônica.

Trapiche Eliezer Levy

Com uma proposta um pouco diferente dos dois primeiros pontos turísticos, o Trapiche respira beleza, sendo ideal para quem procura momentos de contemplação. 

Ainda em dúvida se inclui esse local no seu roteiro? Vamos acabar com ela agora! Afinal, seus 400 metros de extensão cortam o Rio Amazonas e, portanto, é uma paisagem incrível e que representa bem o norte brasileiro.

Você ainda pode aproveitar a vista do Trapiche a pé ou em um bondinho e otimizar sua logística, almoçando no restaurante ali presente.

Museu Sacaca

Localizado a céu aberto, é um espaço onde você conhecerá as casas e praças de indígenas. Ademais, poderá contemplar estátuas do acervo e será possível conferir de perto plantas medicinais.

A genuinidade de seus artefatos é proveniente da criação conduzida pelas comunidades ribeirinhas e indígenas. 

Passeios para fazer em Macapá

Curiaú

Se você se interessa por experiências intensas e imersivas no destino, a visita a Curiaú, uma vila quilombola, sem dúvida, valerá a pena! Soma-se à paisagem natural belíssima a tradição da extração de látex da seringueira, madeira e açaí.

Passeio de barco pelo Rio Amazonas 

Primeiramente, é interessante saber que o Rio Amazonas é um dos fluxos de água doce mais importantes em nível mundial. Por isso, é sempre uma boa pedida fazer passeios que o percorrem.  

Basta entrar em contato com uma das agências da cidade e marcar seu passeio de barco pelo Rio Amazonas.

Restaurantes e Bares de Macapá

Restaurantes e Bares de Macapá

Para dar continuidade ao seu mergulho na cultura regional, nada melhor do que provar comidas típicas do Norte! Conheça agora algumas opções de bares e restaurantes de Macapá.

Lotus Bar e Restaurante

Que tal a combinação entre drinks e cerveja gelada e um menu com diversos tipos de porções, a exemplo de bolinho de bacalhau e camarão rosa empanado? Que delícia!

Restaurante Estaleiro

Um belo copo de suco de cupuaçu para acompanhar um prato de peixe no tucupi ou risoto com frutos de bar. Essas são ótimas sugestões para apreciar nesse restaurante, que é um dos mais populares da cidade.

313 Restaurante

Esse estabelecimento é refinado e a gastronomia que apresenta é carregada de conceitos nacionais, internacionais e bem locais, do Macapá, é claro. Aprecie os belos pratos, como o bacalhau à moda do chef, cheio de cor e sabor, ou o farto spaghetti ao pomodoro e camarão! Então, já deu para sentir água na boca, não é?

Detroit Bar

Depois de um dia repleto de passeios e caminhadas pela cidade, uma aposta certeira é ter uma noite agradável em uma mesa de bar, tomando uma cerveja gelada e saboreando porções típicas de boteco.

Rod’s Bar

As noites quentes de Macapá também pedem um ambiente despojado, com mesas ao ar livre e música ao vivo, não é? Aproveite para conhecer esse estabelecimento que tem exatamente essa proposta e não deixe de apreciar seus pratos à base de frutos do mar, que são seu carro-chefe!

Como chegar em Macapá

Como chegar em Macapá

Os meios de transporte para chegar a Macapá são variados: avião, balsa, carro ou ônibus. Porém, em razão de sua localização específica, é importante entender a logística para cada um deles.

Uma alternativa para como chegar em Macapá que certamente prioriza a economia é a combinação entre ônibus e balsa. O primeiro transporte leva o turista do estado de partida até Belém, no Pará, e a balsa finaliza o percurso até a capital do Amapá – essa segunda parte leva quase 24 horas. Além da redução de gastos, essa opção, sem dúvida, proporcionará uma aventura e tanto!

Seja qual for a sua preferência, ela irá influenciar no orçamento. Portanto, esse fator com certeza deve ser englobado na hora de pesquisar sobre como fazer o cálculo de viagem.

Com todas essas dicas e informações sobre a viagem a Macapá, está esperando o que para colocar o pé na estrada?

Gostou das dicas? Acha que faltou algo? Conte pra gente, adoramos sugestões!

Veja também no Tô de Passagem:

8 Passeios Incríveis Para Fazer No Interior Do Rio Grande Do Sul
22 Patrimônios Da Humanidade Que Ficam No Brasil
8 Cidades Religiosas Do Brasil Para Conhecer