O charme da capital mineira está totalmente atrelado aos pontos turísticos de BH, que fazem qualquer um se apaixonar! 

Pontos Turísticos de BH

A capital mineira é um convite agradável para quem deseja tirar alguns dias folga, sem perder o clima das grandes metrópoles. Há uma ótima infraestrutura e muitos pontos turísticos de BH para descobrir.

E, pensando na gama de opções de lugares para conhecer na cidade, que tal conferir alguns destaques para montar um cronograma de viagem de sucesso? 

A seguir, confira uma ótima seleção dos principais pontos turísticos de BH. 

Principais Pontos Turísticos de BH

Mercado Central 

Mercado Central de BH

Se Belo Horizonte tem como atrativos as delícias da comida local, como queijos, cachaças artesanais e pão queijo, então uma boa ideia é começar o roteiro de viagem provando essas maravilhas, não acha?! 

O Mercado Central é o local certo para isso. Criado em 1929, quando a capital mineira só tinha 31 anos, ainda hoje preserva muita tradição. Há restaurantes, barraquinhas e lojas de artesanato que preservam não só a cozinha típica mineira, mas também a cultura local. 

Além de ser um ótimo lugar para conhecer de perto os hábitos de quem é de Belo Horizonte, também é uma boa pedida para comprar lembrancinhas de viagem. 

Não deixe de conhecer esse local, que é um dos pontos turísticos de BH, do centro, mais visitados pelos turistas. 

Parque das Mangabeiras

Parque das Mangabeiras em BH

É o mais frequentado parque da região, um dos lugares mais queridinhos pelas pessoas que moram na cidade. 

Contudo, essa predileção não é à toa. De fato, o Parque das Mangabeiras, é encantador. Projetado pelo importante paisagista Burle Marx, a vegetação que transita entre Mata Atlântica e Cerrado chama atenção por sua diversidade e encantam os olhos dos visitantes. 

Se você gosta de contato com a natureza, momentos para relaxar a mente e curtir a paisagem, então vale a pena passar um dia ensolarado no Parque das Mangabeiras. Que tal tirar uma horinha para caminhada ou então para a leitura de um bom livro, com muitas árvores como pano de fundo? Curta esse refúgio!

Igreja São Francisco de Assis

Igreja São Francisco de Assis em BH

Com projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer, sua criação se deu em 1943, mas ficou cerca de 12 anos fechada. O curioso é que isso aconteceu, pois a sociedade da época considerou sua arquitetura diferente dos modelos tradicionais, ou seja, um escândalo. Logo, seu espaço não poderia servir para cultos religiosos. 

Mas, não só sua história chama atenção, também vale a visita ao local, que é um ponto turístico de BH, para ver obras do artista consagrado brasileiro Cândido Portinari (há 14 painéis dele na Igreja, ricos em detalhes artísticos). 

Praça do Papa

Praça do Papa em BH

A Praça Israel Pinheiro ficou conhecida como Praça do Papa, depois que o João Paulo II a visitou, na década de 80 e passou a ser um dos pontos turísticos mais visitados de Belo Horizonte

Além de sua fama atrelada à figura religiosa, o local tem uma vista exuberante, de onde é possível ver boa parte da cidade do alto. É o passeio perfeito para o final da tarde, já que o pôr do sol na região é esplendoroso, certamente considerado um cartão-postal da cidade. 

Savassi

Por fim, entre os destaques de pontos turísticos de BH e região, vale citar o Savassi, bairro de classe média alta da cidade, famoso entre moradores e visitantes. 

E toda esse carinho pela região tem sentido, já que a vida noturna com bares e restaurantes com ótimo atendimento ganham o coração das pessoas. É uma boa opção para relaxar e bebericar, após um dia de passeio. 

Pontos Turísticos de BH – Museus

Além de passeios de turismo, a capital mineira tem uma característica marcante: grande quantidade de museus. Por isso, preparamos uma rápida seleção de espaços culturais que merecem ser visitados.

Afinal, arte e cultura engrandecem a alma e colaboram para a formação de pensamento críticos, não é? 

Abaixo, confira nossas dicas. 

Conjunto Arquitetônico da Pampulha:

Conjunto Arquitetônico da Pampulha em BH

É um grupo de monumentos construídos ao redor da Lagoa da Pampulha, mas vale destacar dois pontos que fazem parte desse complexo. 

O primeiro é o Museu de Arte da Pampulha (MAP), cujo acervo tem cerca de 1 600 obras, de nomes representativos das artes visuais, como Oswaldo Goeldi, Tomie Ohtake, Antonio Dias e Iberê Camargo. 

Já o segundo que merece destaque é a Casa Kubitschek, onde há relíquias da época em que Juscelino Kubitschek, presidente desenvolvimentista, governou o País, além de objetos pessoais do representante político. 

Museu de Ciências Naturais

Ligado à PUC Minas, foi criado em 1983 e chama atenção dos visitantes pela quantidade de fósseis de animais. É uma referência na área de zoologia e  paleontologia no que diz respeito às descobertas da América do Sul. 

Um museu para aprender bastante e também levar as crianças que certamente ficarão encantadas com a riqueza e qualidade de seu acervo. 

Museu da Moda de Belo Horizonte

É o primeiro museu do Brasil dedicado à área, com o objetivo de preservar a história e difundir informações sobre a moda. 

É uma delícia percorrer pelas obras do acervo, todas bem detalhadas e com estilo único. Além disso, o local também oferece atividades e eventos ligados ao mundo fashion. Diferente, né?

Por certo, a lista com os pontos turísticos de Belo Horizonte é um apoio para você decidir o que pretende colocar no seu checklist de prioridades sobre o que fazer na capital mineira.

Agora, organize seu planejamento e aproveite! Belo Horizonte é uma cidade encantadora e extremamente receptiva, você vai gostar.

Circuito Cultural Praça da Liberdade

Circuito Cultural Praça da Liberdade em BH

É também um complexo com diversos espaços culturais, como Museu Mineiro, Centro Cultural Banco do Brasil, Museu das Minas e do Metal e Centro de Arte Popular. 

Todos locais são considerados pontos turísticos de BH e reservam traços históricos e culturais não só de Minas Gerais, mas também do Brasil. Vale a pena a visita!

Museu da História da Inquisição

Criado em 2012, é um importante elemento cultural para a compreensão de acontecimentos do passado. 

O Museu tem utensílios da época da Inquisição que explicam e convidam os visitantes a mergulhar nesse período, como ferramentas de tortura. Uma visita dura, mas necessária para compreender a história. 

Veja também no Tô de Passagem:

O Que Fazer Em Belo Horizonte: Atrações Imperdíveis
Quando Ir A Belo Horizonte: Clima, Eventos E Muito Mais!
15 Cachoeiras No Brasil Que Você Precisa Conhecer!

Escrever um comentário