Categoria

Aracaju

Praias lindas, lugares que refletem a cultura local e noites regadas a muito forró são alguns dos atrativos da viagem a Aracaju! 

Sabe aquele destino que encanta desde a pesquisa até a viagem propriamente dita? Esse é o caso de Aracaju, que possui entre seus diferenciais as praias de águas cristalinas, museus interessantes e restaurantes que fazem das refeições momentos especiais. 

Não é à toa que a capital sergipana está entre as melhores cidades do nordeste em termos de qualidade de vida. Essa informação revela muito sobre a beleza e infraestrutura aracajuanas que, sem dúvida, surpreendem os turistas. 

Se ficou com vontade de conhecer Aracaju, comece por esse guia completo! 

Breve história de Aracaju 

Primeiramente, vamos explicar o nome da cidade, que teve origem na língua tupi e significa: Cajueiro dos Papagaios. Antes de ser considerado um município em março de 1855, Aracaju era um povoado chamado Santo Antônio do Aracaju 

Outra curiosidade acerca de sua criação é que Aracaju foi uma das primeiras cidades planejadas do País, ou seja, teve sua projeção previamente desenhada, o que lembrava um tabuleiro de xadrez. Interessante, hein? 

Mas por que Aracaju foi eleita a capital de Sergipe? Tal mudança ocorreu pela sua proximidade com o mar, o que facilitou a construção de um porto para o escoamento do açúcar. Ou seja, foi uma demanda econômica que implicou na construção de Aracaju.  

Além do mar, há outra característica que faz a diferença tanto para a estrutura quanto para os diferenciais turísticos: há rios que cortam a cidade, como o Sergipe e o Poxim.

O que fazer em Aracaju

Após conhecer um pouco sobre a formação de Aracaju, está na hora de ter panorama geral sobre o turismo local de modo que seja possível enriquecer seu roteiro! 

Centro Cultural de Aracaju

Centro Cultural de Aracaju

Óbvio que, para muitas pessoas, as praias de Aracaju serão as grandes protagonistas do roteiro. Contudo, há quem se concentre na programação cultural a fim de mergulhar na dinâmica e história regionais. 

O Centro Cultural de Aracaju é um dos lugares que agregar demais para esse tipo de turista, tendo em vista que seu espaço é dedicado a expressões artísticas e culturais, reunindo biblioteca, obras de arte, cinema, teatro e outros. 

Já no que diz respeito ao repertório de Aracaju, o centro cultural traz essas manifestações em salas exclusivas para a ilustração das festas típicas e esculturas que representam a essência sergipana. 

Mercadão 

Decerto, o Mercado de Aracaju é quase obrigatório para qualquer turista, tendo em vista sua relevância cultural. 

Isso porque, segmentado em três mercados: o de especialidades (temperos e outros ingredientes tipicamente sergipanos), de artesanato e de hortifrúti, o lugar reflete práticas e crenças locais. 

Durante esse passeio, você precisa provar algumas iguarias culinárias e clássicas da cidade e do estado, como por exemplo: sarapatel fresquinho e sorvete de tapioca com doce de banana. Bom demais! 

Uma dica valiosa para curtir completamente o Mercado é conferir também a programação do Palco do Forró Caju, que já recebeu grandes nomes, como Elba Ramalho. Lá, há grandes festas e algumas são focadas em determinados gêneros musicais, a exemplo do próprio forró. 

Museu da Gente Sergipana  

Se nos outros lugares você já conseguirá ver muito da cultura sergipana, nesse museu será possível intensificar a imersão. Por meio dos espaços fixos que o constituem, como: “Nosso Cabras”, “Nossos Pratos”, “Nossas Praças”, “Nossas Festas”, “Nossos Leitos”, o visitante conhece documentos, obras de arte e outros registros pertencentes ao universo sergipano. 

Nesse museu também acontecem as exposições temporárias. Exemplo disso foi a ‘Mamulengo de Cheiroso: A Magia no Teatro de Bonecos’.  

E não é apenas de exposições que o museu vive! Ele também sedia eventos que já se consagraram como tradicionais no calendário da cidade: ‘Folia da Gente’, ‘São João da Gente Sergipana’, ‘Agosto: Mês das Culturas da Gente’, e outros. 

Passarela do Caranguejo

Em muitas viagens, nos perguntamos qual é o point animado da cidade, não é? Então, em Aracaju, esse lugar que reúne restaurantes e bares fica na Praia do Atalaia e ainda possui um mascote e tanto: um caranguejo imenso! Ótima pedida para fotos divertidas. 

Outro atrativo é o estilo musical que, muitas vezes, se sobressai em diversos estabelecimentos: o forró. Portanto, além de provar pratos típicos e saborosos, você também pode arriscar alguns passos de dança. 

Parque da Cidade

Mais um ponto turístico de Aracaju que faz bem à vista e à mente, afinal, a conexão com a natureza sempre é bem-vinda! A presença das árvores, o som dos pássaros e o céu límpido criam uma atmosfera propícia para refletir, respirar fundo e recarregar as energias. 

E quer saber? Apesar dessas características serem maravilhosas por si só, ainda há outra atividade que deixa o parque ainda mais charmoso. É o teleférico, de onde o visitante pode admirar a paisagem de um lugar privilegiado, bem como tirar fotos de tirar o fôlego! 

Para finalizar, dentro do parque, ainda há um mini zoológico, perfeito para entreter as crianças também. 

Praias de Aracaju

Praias de Aracaju

Sabemos que você, que ama praias, está ansioso para saber quais são as principais orlas da cidade! Por isso, essa categoria é exclusiva para esses pedacinhos de areia que encantam. E pode apostar que vale a pena priorizar os passeios pelas praias de Aracaju! 

Praia da Atalaia

O céu azul, o mar límpido e a areia clara compõem um cenário ideal para relaxar e, certamente, esse é o grande atrativo da praia do Atalaia. 

Mas não para por aí! Isso porque o lugar também oferece uma boa infraestrutura aos seus visitantes, que podem enriquecer o passeio com outros elementos praianos: apreciar uma água de coco geladinha ou matar a fome com frutos do mar fritos. Delícia! 

É na Praia do Atalaia também que você encontrará o Oceanário de Aracaju, onde é possível admirar a vida marinha bem de perto! O espaço é composto por 18 aquários, em que estão distribuídas 70 espécies diferentes de animais marinhos, todas nativas de Sergipe sendo cinco aquários de água doce e 13 de água salgada.

Para agregar à experiência, em um dos tanques é permitido que os visitantes, com orientações dos profissionais do lugar, toquem em diversas espécies de crustáceos, peixes e invertebrados 

O Oceanário também ilustra a interação do meio ambiente com as ações humanas, como é o exemplo de uma plataforma petrolífera, sobretudo porque Aracaju é faz parte da cadeia produtora de petróleo. 

Pois é, a visita à Praia do Atalaia e ao Oceanário de Sergipe é imperdível. 

Orla do Pôr do Sol 

O nome desse lugar já diz tudo! Isso porque seu pôr-do-Sol é simplesmente inesquecível. Imagine só um céu que mistura as cores vermelho e laranja pertinho de um rio, o Vaza Barris, formando uma paisagem que transmite tranquilidade e alegria por estar tão perto da natureza. 

Quer ficar ainda mais perto desse fenômeno? Uma super dica é alugar uma prancha de Stand Up Paddle e navegar nas águas tranquilas do rio enquanto o pôr-do-Sol embeleza o cenário. Que momento maravilhoso! 

Agora, se você prefere um clima mais romântico ou quer combinar a vista com uma refeição prazerosa, aproveite os bistrôs localizados ao longo da Orla. 

Praia das Dunas

Que tal adicionar uma pitada de adrenalina à sua viagem explorando as atividades dessa praia de Aracaju? Afinal, você poderá alugar um buggy e se aventurar pelas dunas, além de mergulhar nas águas salgadas e ficar pertinho do ecossistema aquático. Tudo de bom!

Praia do Refúgio

Mais uma opção de o que fazer em Aracaju para quem tem como objetivo descansar e recarregar as energias, essa praia não atrai muitos visitantes, o que contribui para que os turistas possam usufruir da tranquilidade local, ouvindo as ondas do mar. 

Outro destaque é a temperatura do mar, pois ela é bem quentinha e agradável, sendo proveitosa para um mergulho. Porém, é importante ficar atento às águas-vivas que também são adeptas das águas mais quentes. 

Praia de Pirambu

Praia de Pirambu

Nada como ter várias opções para relaxar e dar um mergulho revigorante sem se preocupar com as aglomerações e aquela barulheira típica de praia lotada, não é? A praia de Pirambu é mais uma alternativa de refúgio na capital sergipana. 

E para completar, esse lugar ainda é ponto de desova de tartarugas. Lindo de se ver! 

Bares e restaurantes de Aracaju

Entre os lugares para ir em Aracaju não poderiam faltar restaurantes e bares famosos na região. Dessa forma, você desperta o paladar com o que há de melhor na gastronomia aracajuana! 

Bares de Aracaju

  • Tequila Café

Se é agito que você procura, no Tequila Café você encontra! E ainda há uma variedade bem interessante em sua programação: de música ao vivo a festas temáticas e shows. Além de tudo, o cardápio não deixa a desejar. Pode apostar, principalmente, nos drinks refrescantes! 

  • Salomé Bar Aracaju

As indicações de aperitivos deliciosos por aqui são muitas! Porém, temos uma que faz qualquer um salivar: camarões empanados na massa à base de leite de coco, com abacaxi caramelizado no suco de laranja, acompanhados com molho pesto de coentro levemente picante. 

A programação também é um diferencial, pois engloba música ao vivo e um telão com os principais jogos de futebol. Nada mau, hein? 

  • Seo Inácio Bistrô

Esse point é para quem quer fazer um brinde mais refinado e apreciar pratos que, além de saborosos, são lindíssimos! Exemplos disso são o camarão à parmegiana e o frango empanado. A decoração também faz toda a diferença! 

Restaurantes de Aracaju

  • República dos Camarões

Sabe aqueles camarões suculentos que podem ser usados em várias receitas? Nesse estabelecimento, é essa a proposta! Experimente camarão à sergipana, camarão na nata, camarão tropical e muitos outros. 

  • Casa de Forró Cariri

É um clássico da região, afinal, os pratos carros-chefes são à base de peixes. E o ambiente fica ainda mais interessante com o forró e a decoração – há cactos e chapéus de cangaceiro –, que remetem à cultura local. 

Além das apresentações musicais que animam os clientes, os pratos são fartos, assim como os drinks de caju e siriguela, por exemplo.

  • Porto Madero

Pegue uma mesa ao ar livre, sob o céu límpido, sem nuvens, e peça pratos deliciosos, que vão embelezar ainda mais o cenário. A Panelinha de lulinhas frescas com farofa de castanha, a feijoada incrementada e o penne acompanhado de camarões aos quatro queijos são excelentes exemplos dos itens que compõem o menu recheado! 

Quando ir para Aracaju

Primeiramente, que tal ficar por dentro dos principais eventos da cidade para saber exatamente quando ir para Aracaju? Sem dúvida, em janeiro, acontece um dos mais animados e que atrai muitos foliões. É o Pré-Caju, que promove blocos e shows como se fosse um aquecimento para o Carnaval. Massa, hein? 

Esse calendário também inclui o Forró Caju, festa que atrai milhões de pessoas e coloca todo mundo para dançar, sempre de “bucho cheio” com os comes e bebes típicos das festas juninas: pé de moleque, canjica, quentão e muito mais!

E, claro, esse evento acontece em junho e tem duração de uma semana. 

Temperatura e clima de Aracaju 

Temperatura e clima de Aracaju

Durante o ano, os termômetros marcam temperaturas entre 23ºC e 31ºC. Outra característica é a velocidade dos ventos, que acaba propiciando a prática de esportes aquáticos, por exemplo. 

Mas para você decidir quanto ir para Aracaju com maior assertividade no que diz respeito ao clima, há dois índices que serão decisivos: o de turismo e o de praia, ambos criados pelo portal focado em climatologia Weather Spark. 

Índice de Turismo: do início de julho ao fim de setembro o turista encontrará dias pouco encobertos e com temperaturas agradáveis para praticar atividades ao ar livre, como uma caminhada ou piquenique no parque da cidade. As temperaturas giram em torno de 18ºC a 27ºC. 

Índice de Praia/Piscina: para curtir as praias sem se preocupar com as chuvas, por exemplo, o período ideal para ir a Aracaju é do início de julho ao fim de setembro, quando a sensação térmica varia de 24ºC a 32ºC e as chances de chover são mínimas. 

Falando em clima, é imprescindível mencionar as chuvas! Evite os temporais, viajando para a capital sergipana em abril, maio, junho e parte de julho – sim, é no inverno que a cidade fica mais úmida. 

Como chegar em Aracaju 

A Rodoviária de Aracaju, também denominada Terminal Rodoviário Governador José Rollemberg Leite, facilita demais a viagem para esse destino, visto que é possível fazer a viagem de ônibus, ou seja, dá para economizar no preço da passagem! 

Dependendo do estado de onde você partir, basta se programar e checar quantas horas ou dias levará para chegar à cidade “Cajueiro dos Papagaios”! 

Quer mais o que para se jogar nas praias, forró e cultura? “Simbora” para Aracaju! 

Veja também no Tô de Passagem:

Viagem Para O Nordeste Com Crianças: Dicas De Destinos!
5 Dicas De Como Planejar Uma Viagem Pelo Brasil
12 Melhores Praias Do Nordeste: Uma Seleção Especial
10 Melhores Praias De Sergipe Para Seu Roteiro De Viagem